- Publicidade -
21.7 C
Balneário Camboriú

Polícia Civil prendeu idoso golpista em Balneário Camboriú

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Um idoso de 65 anos foi preso, na manhã desta quinta-feira (7), pela Polícia Civil, em Balneário Camboriú.

Ele seria um dos investigados pela Operação Resarcire, que mira uma organização criminosa especializada em golpes que clonam anúncios reais de sites de compra e venda, principalmente de veículos [clonavam os anúncios e recebiam o pagamento do comprador interessado].

A quadrilha responde por estelionato, associação criminosa e lavagem de dinheiro.

As investigações continuam

Segundo a Polícia Civil, a Resarcire tem como foco 28 pessoas e foi deflagrada em Mato Grosso, São Paulo, Santa Catarina, Paraná, Mato do Grosso do Sul e Rondônia. A única prisão ocorrida em SC foi a de Balneário – um idoso de 65 anos, que foi detido e encaminhado ao Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, que fica no Bairro Canhanduba, em Itajaí.

- Publicidade -

Entre os presos em Cuiabá, estão quatro golpistas que atuaram em Santa Catarina – pelo menos dois dos golpes investigados foram feitos de forma virtual contra moradores de Florianópolis. As vítimas tiveram prejuízos de cerca de R$ 70 mil.

O grupo aplicava os golpes, criando anúncios falsos e ainda eram associados a ‘integrantes-correntistas’, que recebiam os valores dos golpes, transferidos pelas vítimas, e ficam com 5% do valor sacado.

Já os líderes da quadrilha lavavam o dinheiro através de fraudes no mercado imobiliário.

- Publicidade -

A Polícia Civil avalia que o prejuízo financeiro das vítimas é estimado em R$ 400 mil [em um período de três meses]. Além de acabar com o grupo, o objetivo da Resarcire é como o próprio nome já diz – apreender a maior quantidade de bens e valores dos investigados e ressarcir as vítimas.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -