- Publicidade -
- Publicidade -
17.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Polícia espanhola prende sete torcedores por crime de ódio contra Vini Jr.

A Polícia da Espanha informou que no total sete torcedores foram presos. Três deles pelos insultos racistas na partida entre Valencia e Real Madrid, e os outros quatro pela simulação de enforcamento com um boneco que usava a camisa de Vini Jr em janeiro deste ano.

Os quatro presos por conta do boneco que fazia referência ao atacante têm ligações com torcidas organizadas do Atlético de Madri e são jovem de 19, 21, 23 e 24 anos.

Eles foram presos por suspeita de crime de ódio contra o jogador brasileiro.
Segundo a polícia, a investigação contou com a colaboração do Valencia, e ainda está aberta para identificar outros possíveis autores.

- Publicidade -

A ação é, segundo fontes da própria polícia espanhola, uma reação à pressão internacional. Tanto no governo espanhol como na Polícia Nacional, a percepção foi de que o clamor internacional ganhou uma dimensão “insustentável” e que era necessário agir.

O temor era de que não apenas a imagem da Liga fosse afetada, mas do próprio país. Não por acaso, quando o governo Lula protestou na segunda-feira, a reação das autoridades espanholas foi a de chancelar a queixa brasileira e sinalizar que medidas seriam tomadas.

ENFORCAMENTO DE BONECO
Em janeiro deste ano, um grupo de ultras do Atlético de Madri simulou o enforcamento de um boneco com a camisa de Vinicius Junior. O boneco foi pendurado em uma ponte próxima ao centro de treinamento do Real Madrid com uma faixa com a frase: “Madri odeia o Real”.

INSULTOS DA TORCIDA DO VALENCIA
Já no último domingo (21), torcedores do Valencia começaram a gritar ‘Mono’, ‘Macaco’ em espanhol, nos momentos em que o brasileiro esteve perto da lateral. O jogo estava nos 15′ do segundo tempo.

10 minutos após o início dos gritos, o árbitro paralisou a partida depois que os torcedores repetiram o gesto.

O jogo foi interrompido por aproximadamente 5 minutos e foi necessário que o locutor do estádio pedisse para que os torcedores parassem por risco da partida ser encerrada.

Vinicius Junior começou a discutir com os torcedores do Valencia, e Ancelotti chamou o brasileiro no banco de reservas pedindo que ele se acalmasse. O brasileiro foi expulso após a reação.

- Publicidade -

(JAMIL CHADE E FLAVIO LATIF/Folhapress)


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -