- Publicidade -
- Publicidade -
23.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Preso da Canhanduba aproveitou internação no Ruth Cardoso para fugir

Um detento de 31 anos, que cumpre pena no Complexo Penitenciário do Vale do Itajaí, aproveitou internação no Hospital Municipal Ruth Cardoso, em Balneário Camboriú, nesta terça-feira (27), para fugir.

Segundo a Polícia Militar, uma vigilante que relatou que no dia 16 de fevereiro, um detento, de 31 anos, acompanhado por Policiais Penais do Presídio da Canhanduba, entrou no Hospital para tratamento médico por Síndrome Antifosfolipide e Trombose Venosa Profunda.

Devido ao tratamento, os policiais deixaram o homem no local, somente com tornozeleira eletrônica, encerrando a escolta. Ele seguia internado desde então.

Ao iniciar o serviço na manhã desta terça, a equipe do Ruth Cardoso foi informada que nesta madrugada o paciente fugiu do hospital, não tendo informações sobre horário, nem como o homem fugiu.

- Publicidade -

Buscas estão sendo feitas. Não há informação sobre qual crime o homem responde.

NOTA OFICIAL
A Secretaria de Estado da Administração Prisional e Socioeducativa (SAP) comunica que o apenado em questão, recolhido no Presídio Regional de Itajaí, foi acompanhado por policiais penais em 16 de fevereiro para tratamento médico no Hospital Ruth Cardoso. Durante todo o processo, diante da incerteza quanto à sua alta, o Judiciário solicitou a concessão de prisão domiciliar humanitária com monitoramento eletrônico ao indivíduo. Na manhã de 24 de fevereiro, o dispositivo eletrônico foi instalado, e a escolta hospitalar realizada pela Polícia Penal foi encerrada conforme as determinações judiciais. Em 27 de fevereiro, o indivíduo violou o monitoramento eletrônico e fugiu do hospital onde estava internado.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -