- Publicidade -
- Publicidade -
22.5 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Morte de jovens em BMW teria ocorrido por intoxicação com monóxido de carbono

(FOLHAPRESS) – Quatro jovens foram encontrados mortos na manhã desta segunda-feira (1º) dentro de um carro BMW na rodoviária de Balneário Camboriú (SC).

A principal suspeita da Polícia Civil de Santa Catarina é de que o grupo tenha sido vítima de uma intoxicação por monóxido de carbono que vazou do motor para dentro do veículo em que estavam. Morreram uma jovem de 19 anos e três rapazes de 16, 21 e 24 anos.

De acordo com o delegado Bruno Effori, responsável pelo caso, o grupo foi à rodoviária buscar uma jovem que estava chegando à cidade de ônibus. Ela relatou à polícia que, ao encontrar o grupo, eles comentaram estar com mal-estar, enjoo, vômito e tremedeira.

- Publicidade -

“Ela [a testemunhas] contou que eles ficaram estacionados no local até melhorarem, passarem os sintomas. Ela disse que todos estavam se sentindo mal, mas aparentemente conscientes. Resolveram ficar ali por três, quatro horas, com o veículo ligado, com o ar condicionado ligado. Ela [a testemunha] ficou entrando e saindo do veículo, porque ela não queria ficar ali dentro, porque estava se sentindo bem. Provavelmente foi isso que a salvou”, disse Effori.

Peritos da Polícia Civil identificaram uma perfuração entre o motor e o painel do veículo, fazendo com que o monóxido de carbono vazasse para o interior do carro onde o grupo estava. Como o ar condicionado estava ligado, os vidros estavam fechados, concentrando o gás no espaço confinado.

“Como não há sinal de violência nos corpos, o principal laudo pericial que estamos aguardando é de toxicológico e do veículo, sem descartar outras linhas de investigação se de outras provas tivermos conhecimento”, disse o delegado.

Familiares das vítimas relataram à polícia que o veículo havia passado por uma customização no escapamento, para aumentar o barulho do ronco do motor.

“Vai ter que ser oficiado o local onde houve essa customização. Teria que ver se houve só na parte externa, ou interna também. Tudo será analisado no decorrer do inquérito policial, em conjunto com o laudo pericial do veículo”, disse o delegado.

A polícia vai analisar também os celulares das vítimas e imagens da rodoviária para analisar a dinâmica dos fatos antes da morte.

As vítimas foram identificadas como Gustavo Pereira Silveira Elias, 24, Tiago de Lima Ribeiro, 21, Nicolas Oliveira Kovaleski, 16, e Karla Aparecida dos Santos, 19. Eles são naturais de Paracatu (MG).

- Publicidade -

Eles faziam parte de um grupo de familiares e amigos oriundos de Minas Gerais. Parte dele havia se mudado há um mês para São José (SC), na Grande Florianópolis, e convidou amigos para passar o Réveillon em Balneário Camboriú. O restante do grupo havia retornado para casa, enquanto as vítimas foram à rodoviária.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -