- Publicidade -
- Publicidade -
23.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Trio de mulheres foi preso com 23kg de skunk e outras drogas

A Polícia Militar tinha informações sobre três mulheres que estariam traficando drogas em Balneário Camboriú, sendo uma delas responsável pelo armazenamento e as outras duas pela distribuição, na modalidade ‘tele-entrega’. As três foram presas na noite de segunda-feira (10).

Segundo a PM, na noite de segunda-feira, policiais viram  duas suspeitas, de 26 e 32 anos, em motocicleta Yamaha/YS150 fazer sentido Barra sul, onde a terceira suspeita, de 35 anos, aguardava elas. No local, a mais velha, responsável pelo armazenamento da droga, entregou uma mochila com diversos pacotes de skunk (maconha híbrida).

Após saírem do local em direções distintas, a motocicleta com as duas suspeitas foi abordada na Rua 4.502, confirmando conter na mochila 257g de skunk, fracionados em seis embalagens já identificadas com o nome dos usuários/clientes e 39g de haxixe, também já embaladas prontas para a venda. Na casa dessas duas suspeitas, na Rua Maria Mansoto,  no Bairro São Judas Tadeu, foram encontrados 23g de skunk, uma balança de precisão e embalagens características do tráfico de drogas. 

- Publicidade -

A terceira suspeita foi abordada ainda na Barra Sul. Na casa dela, na Avenida Osvaldo Reis, em Itajaí, foi localizada a quantia aproximada de 23kg de skunk, 1,2kg de haxixe e dois vidros de conserva contendo óleo de maconha. Também foram apreendidos R$ 865,00 em dinheiro, quatro celulares e uma máquina de embalar a vácuo. Diante dos fatos, as três foram presas por tráfico de drogas e associação ao tráfico.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -