- Publicidade -
- Publicidade -
17 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Conselheira mirim concorre a vaga em projeto educacional da Câmara Federal

A estudante Heloisa Ferreira, conselheira mirim na Câmara Mirim de Balneário Camboriú, está concorrendo à vaga de representante de Santa Catarina na etapa nacional do Parlamento Jovem Brasileiro, programa de educação para a democracia realizado pela Câmara dos Deputados.

O programa está na etapa estadual, em que cada unidade da federação tem quatro estudantes selecionados que concorrem à vaga na etapa nacional, a ser realizada em Brasília, em dezembro. 

Heloisa representa Balneário Camboriú e está entre as quatro catarinenses selecionadas (duas de Cocal do Sul e uma de Criciúma).

- Publicidade -

Um dos critérios para a escolha é a votação popular em vídeos gravados pelos jovens, com seus discursos acerca do tema “A educação que queremos”, abordado na edição deste ano do Parlamento Jovem Brasileiro. Para votar, clique aqui

A votação está aberta até o dia 10 de novembro.

“No vídeo, eu falo sobre a violência nas escolas, que foi um tema tratado durante a minha pesquisa e foi relatado por muitos alunos como uma questão urgente no nosso estado”, conta Heloisa. 

“Eu gostaria de contar com o voto das pessoas porque eu acredito que nós podemos mudar essa realidade – a juventude em conjunto com o governo. Casos como os acontecidos em Saudades e Blumenau não podem ser uma constante, a gente precisa de medidas para prevenir possíveis ataques em escolas”, finaliza.

Heloisa Ferreira é conselheira na atual legislatura mirim de Balneário Camboriú, e foi vereadora mirim na 15ª legislatura (2020/2021).

Parlamento Jovem Brasileiro

O Parlamento Jovem Brasileiro existe desde 2004, e está na 18ª edição. De acordo com o site da iniciativa, tem como objetivo oferecer a estudantes do ensino médio uma experiência de aprendizagem sobre política, democracia e o papel do Poder Legislativo.

O programa está organizado em três etapas. 

Na etapa local, participaram 1.080 alunos (40 por estado), que fizeram uma formação online e uma pesquisa sobre políticas públicas relacionadas à educação, além de uma escuta de outros jovens do mesmo município, bairro ou cidade, para entender melhor a realidade, as necessidades e as propostas da juventude local. 

Ao final, os estudantes elaboraram discursos escritos em que sintetizaram os aprendizados.

- Publicidade -

Na etapa estadual, as secretarias de educação selecionaram quatro jovens por estado, que gravaram, então, os discursos em vídeo, os quais passam por votação popular (que vale 20% da pontuação final) e dos estudantes que participaram da etapa local (outros 20%), e pela avaliação de especialistas da Câmara dos Deputados (que vale 60% da pontuação final).

Após a votação e avaliação, será selecionado um aluno de cada estado como deputado jovem, que irá para Brasília, na etapa nacional, onde os estudantes participarão de audiências públicas e debates com especialistas e parlamentares, e ao final elaborarão uma Carta do Parlamento Jovem Brasileiro à Câmara dos Deputados.

Para mais informações sobre o programa, clique aqui.

Texto: Raquel Sander/Assessoria Comunicação/CVBC conselheira24out – A estudante Heloísa Ferreira


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -