- Publicidade -
- Publicidade -
22.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Deputado Carlos Humberto fala sobre uso de diárias: “Abri queixas-crimes”

O uso de diárias pelo deputado Carlos Humberto Metzner Silva rendeu muitos comentários nas redes sociais nesta terça-feira (1). O assunto foi tema de uma matéria publicada pelo jornal Diarinho e cita outros deputados, como Paulinha, Mauro de Nadal, Ana Campagnolo, Emerson Stein e Ivan Naatz.

Uma arte que circulou pelas redes sociais indicava que Carlos Humberto teria recebido 33 diárias, no valor de R$ 32,5 mil e foi questionado por isso, porque a maioria teria sido para vir para Balneário, onde ele reside, e outras cidades da região, fora ainda duas para viagens para Brasília.

Carlos Humberto disse ao Página 3 que foram feitas artes com trechos da notícia publicada, mas o que o tirou ‘do sério’ foram os comentários de que teria usado a diária ‘para ficar em casa dormindo’ e que isso não é verdade.

- Publicidade -

Ele disse que usa diárias e que é legal, e que ‘está à disposição da atividade parlamentar’.

“Me utilizo e sempre utilizarei quando for necessário, porque isso está à minha disposição”, afirmou.

O deputado disse que os questionamentos sobre o uso das diárias é uma questão política, ressaltando que há pessoas que são a favor e outras contrárias ao seu trabalho.

“Ficam buscando coisas em minha atividade para tentar diminuí-la e isso faz parte do processo político. Já tomei medidas cabíveis com quem disse que eu peguei diária para ficar em casa. Eu pego diária, isso é uma verdade, mas não admito que falem, por exemplo, que peguei para pagar a campanha. Isso é mentira. Eu já tomei as medidas, abri algumas queixas-crimes”, acrescentou, citando que segue com seu trabalho, ‘fazendo muitas ações bacanas’ e que é isso que deseja que a comunidade veja e fale sobre.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -