- Publicidade -
- Publicidade -
16.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

‘Fita quebra cabeça’ nas vagas de estacionamento em Balneário Camboriú aguarda aprovação do prefeito

Projeto vem para ampliar um direito já garantido aos portadores do Transtorno do Espectro Autista 

O Símbolo Mundial de Conscientização do Transtorno do Espectro Autista, conhecido pelo desenho “fita quebra cabeça”, colorindo as vagas de estacionamento, em Balneário Camboriú, ficará mais visível e chamará atenção das pessoas na hora de estacionar seus carros, por exemplo. 

Esta é a expectativa da vereadora Nena Amorim, autora do projeto aprovado por unanimidade dos vereadores, no último dia 13, com o objetivo maior de dar ampla divulgação a um direito já garantido aos portadores do Transtorno do Espectro Autista – TEA. 

(Divulgação/Gabinete da vereadora Nena Amorim)

“O projeto facilita a inclusão social, o deslocamento em estabelecimentos públicos e privados, bem como respeito a outras leis que garantem este direito aos portadores de TEA, e previstas na política nacional sobre o assunto”, declarou ela.

- Publicidade -

Nena contou que a ideia do projeto nasceu do pedido de uma mãe que a procurou.

“Larissa Muller Moraes veio ao meu gabinete em 2019,  solicitar um projeto que autorize utilizar as vagas das pessoas com deficiência já existentes nos estacionamentos. Sendo mãe de uma criança com transtorno de Espectro Autista 

ela vivencia as dificuldades na hora de buscar uma vaga de estacionamento. Acreditamos que a inscrição do ‘desenho’ representativo, a conhecida “fita quebra cabeça” dará mais evidência à percepção e respeito de todos a tal direito”, disse a vereadora.

Conforme a legislação brasileira, a pessoa com transtorno do espectro autista é considerada pessoa com deficiência, então, já lhe é garantido, usar tais vagas. 

“A ideia aprovada é que fique identificado na sinalização horizontal do espaço reservado para tal público, o pictograma do TEA, para que não restem dúvidas deste importante direito, e o projeto, agora aprovado, segue para a sanção e regulamentação do prefeito”, colocou Nena.

Ela disse que é importante destacar que todo benefício concedido às pessoas necessita de muita publicidade e transparência, muitas vezes tal direito nem mesmo é conhecido pelos usuários.

O projeto aguarda o prefeito sancionar.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -