- Publicidade -
- Publicidade -
28 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Irmãos com prioridade para estudar na mesma escola e autistas terão carteira de identificação em Balneário Camboriú 

Os dois projetos foram aprovados na sessão legislativa desta terça-feira, 23

Os vereadores aprovaram dois projetos por unanimidade, na sessão desta terça-feira (23) e que seguem, agora, para sanção do prefeito.

O primeiro a ser votado foi o Projeto de Lei Ordinária 135/2022, do vereador Alessandro Teco (Republicanos), que determina o direito de prioridade de matrícula de irmãos na mesma unidade escolar da rede municipal de ensino.

A proposição estabelece que fica assegurada aos irmãos a preferência de matrícula na unidade escolar mais próxima de sua residência, e que caso a unidade mais próxima não disponha de turmas no mesmo nível educacional pretendido para os irmãos, fica-lhes assegurada a preferência de matrícula em unidades escolares com a menor distância possível entre elas.

- Publicidade -

O segundo projeto a ir à votação foi o PLO 06/2023, do vereador Kaká Fernandes (Podemos), que institui no município a carteira de identificação da pessoa diagnosticada com Transtorno do Espectro Autista (TEA).

De acordo com a proposição, a carteira de identificação será expedida pelo Poder Público Municipal, por meio de requerimento devidamente preenchido e assinado pelo interessado ou por seu representante legal, acompanhado de relatório médico, confirmando o diagnóstico com a CID-10 F84, bem como de demais documentos exigidos pelo órgão municipal competente.

A carteira terá validade por tempo indeterminado, e, segundo a justificativa do PLO, busca facilitar a identificação das pessoas autistas para que tenham assegurados seus direitos, inclusive o de atendimento preferencial.

O projeto tinha uma emenda do vereador Kaká Fernandes, que foi arquivada a pedido dele. Antes da votação, foi rejeitado um pedido de vista ao projeto, feito pela vereadora Juliethe Nitz (PL), com oito votos contrários e sete votos favoráveis.

Entrega de moções

Professores e alunos do colégio Higino João Pio (Foto Márcio Gonçalves)

No início da reunião, foi feita a entrega de três moções.

A Moção 124/2023, da vereadora Nena Amorim (MDB), é de aplauso aos professores Gabriela Heinen e Marcos Marques, juntamente com os alunos do 2° ano Brenda Silva Gonzalez Francisco, Eduarda Leria da Silva, Kerem Paez de Oliveira, Andrielly Correia do Carmo e Yasmin Goularte Battu, da Escola de Ensino Básico Higino João Pio, pela realização do Projeto “Coletor de Caquinha”.

Professora Maria Célia homenageada (Foto Márcio Gonçalves)

A Moção 125/2023, também de Nena Amorim, é de aplauso a Maria Celia Pereira Pires, pelo trabalho que vem desenvolvendo como professora há 15 anos, tanto na rede de ensino estadual como na rede de ensino municipal.

- Publicidade -
Igreja Batista, 15 anos (Foto Márcio Gonçalves)

E a Moção 139/2023, dos vereadores Anderson Santos (Podemos) e Alessandro Teco (Republicanos), é de congratulações à Igreja Batista Central, pela passagem dos anos 15 de fundação em Balneário Camboriú, comemorados neste mês.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -