- Publicidade -
- Publicidade -
22.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Juliana Pavan sugere que prefeitura crie lei para que aconteçam eleições nas escolas municipais

A vereadora Juliana Pavan ocupou a tribuna legislativa esta semana para falar sobre a importância da eleição de gestores nas escolas municipais. Ela fez uma indicação ao Executivo, lembrando que fazia parte do plano de governo do prefeito Fabrício Oliveira. 

Na indicação a vereadora propõe que a administração municipal crie lei específica, baseada no Plano Municipal de Educação – PME, que está aprovado desde 2015, para que se promova eleições diretas para os cargos de direção e coordenação das escolas e núcleos de educação infantil. 

“O sistema educacional está presente na vida de todas as pessoas desde as equipes de trabalho nas escolas, até as famílias, através dos alunos e alunas e, ninguém melhor do que este universo de profissionais, famílias e usuários do serviço, para opinarem sobre a gestão das unidades de educação, afinal, a escola é o segundo lar das crianças e adolescentes e, também, dos profissionais que ali atuam, com amor e dedicação ao trabalho”, explica. 

- Publicidade -

A vereadora pontua que acredita ‘na transparência, lisura e igualdade de oportunidades na escolha’, lembrando que houve um movimento sobre o tema em 2016, mas foi paralisado por entraves jurídicos. 

“Mas vejo como justo que seja dada continuidade nesta importante discussão e ação, porque é fato que a comunidade escolar, entre todos que a compõem, escolha os dirigentes, não há como manter-se nomeações meramente políticas, com todo respeito, claro, aquelas que, felizmente, até o momento estão dando certo”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -