- Publicidade -
22.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Retrospectiva 2021 Página 3 – Vereadores: Elizeu Pereira e Marcelo Achutti

Vereadores relembram projetos apresentados em 2021 e antecipam o que esperam do próximo ano.

Todo final de ano, o Página 3 apresenta a Retrospectiva, ouvindo lideranças da cidade, incluindo os vereadores. A reportagem do jornal procurou os 19 edis, abrindo espaço para que todos pudessem participar desta matéria. 

Foram enviadas as seguintes perguntas para todos:

  1. Quais foram as três principais realizações de 2021 em seu mandato?
  2. Qual o principal projeto/ação para 2022?
Acompanhe as respostas de dois dos 15 vereadores que responderam a reportagem do Página 3, dentro do prazo para a publicação desta série de matérias:

Elizeu Pereira

Inauguração ponte BR 101
Revitalização Rio das Ostras

“Três realizações deste ano no meu mandato: conclusão  da ponte  da marginal BR-101, revitalização do Rio das Ostras, alargamento da faixa de areia. Projetos para 2022: Aprovar Plano Diretor, aprovar Reforma Administrativa e a abertura do Centro de Eventos”.


Marcelo Achutti

“O ano de 2021 foi um ano marcado com a mudança de comportamento. Tivemos que reaprender, como sociedade, a nos comportar para continuarmos no enfrentamento ao Covid-19. Estive atento a todas as mudanças ocorridas e a cada movimento executado. Efetuei duras críticas aos Governantes, tanto municipais como estaduais, sobre a postura adotada para este enfrentamento através das restrições impostas que, infelizmente, quem acabou pagando a conta foi o setor privado, sendo duramente penalizado. Dentre os vários assuntos tratados, três deles se destacaram: Transporte Público, Indústria da Multa e Limite das Sessões Ordinárias da CVBC.

Transporte Público – A população de Balneário Camboriú ficou praticamente 600 dias sem transporte público. Nossos munícipes passaram por muitas dificuldades de deslocamento, principalmente para ir e vir do trabalho. Por algum período o transporte coletivo foi ofertado, de forma precária, pela empresa Praiana. Estivemos atentos e cobrando do Executivo para que fosse contratada nova empresa e este serviço fosse colocado à disposição da população.

Indústria da Multa – Venho desde os mandatos anteriores falando dos excessos de multas praticados em nossa Cidade. Concordo que devemos ter câmeras espalhas pela cidade para manter a segurança e não para servir como indústria da multa. Hoje contamos com mais de 20 radares bem como as câmeras OCR’S em viaturas do trânsito que circulam na zona de estacionamento rotativo.  Já protocolei projeto de lei para que a população tenha acesso à informação sobre qual a destinação dos valores arrecadados com as multas aplicadas.

Limite das Sessões Ordinárias – Como trabalhadores do povo, acima de tudo devemos respeito ao povo. No regime interno da Câmara de Vereadores, anteriormente o limite máximo para as sessões ordinárias eram de 08 sessões. Com a resolução que apresentei estas sessões ficaram sem limite máximo mensal, ou seja, antes quando se atingia as 08 sessões no mês, nós Vereadores não trabalhávamos, hoje não há este limite, portanto, as sessões ocorrem normalmente. 

Para o ano de 2022 continuarei minha luta para que o Governo Estadual ajude no custeio do Hospital Municipal Ruth Cardoso; que libere verbas necessárias para que o hospital possa ofertar, principalmente para nossa população, serviços de saúde de excelência pois, nossa população sofre com este descaso e o Hospital Ruth Cardoso, que atende também a população da região, acaba passando por várias dificuldades por não ter esta ajuda. Continuarei a lutar pelo fim da Indústria da Multa. Não quero que nossa cidade seja conhecida como a ‘Cidade Catarinense da multa’”.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -