- Publicidade -
17.9 C
Balneário Camboriú

Vereador Meirinho visitou área do Distrito Regional de Inovação, em Itajaí

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

O vereador André Meirinho esteve em Itajaí, no início da semana, para conhecer o projeto do Distrito de Inovação Regional e a obra do Centro de Inovação Regional. 

A motivação da visita foi porque Balneário Camboriú também visa criar um polo tecnológico e muito se discute que o local ideal é o Bairro Nova Esperança, as últimas novidades dão conta que empresas do ramo têxtil poderiam se instalar no local (relembre aqui).

- Publicidade -

Meirinho foi acompanhado por João Luiz Demantova, consultor de gestão da Associação de Municípios da Foz do Rio Itajaí (AMFRI), que apresentou os aspectos sobre a participação de Balneário Camboriú através da composição do consórcio entre os municípios integrantes do InovAmfri, uma parceria entre a AMFRI e o Governo do Estado de Santa Catarina. 

O projeto vem ao encontro dos objetivos da Política Municipal de Inovação, Tecnologia e Cidades Inteligentes (Smart Cities) de Balneário Camboriú, cuja lei é de autoria de Meirinho. 

Saiba mais 

O vereador informou ao jornal que o Distrito de Inovação Regional em Itajaí é um complexo que reunirá ‘inovação, produção, convívio, moradia com sustentabilidade’, e visa alavancar a economia regional (já que não terá somente empresas de Itajaí, inclusive Balneário participará via consórcio), qualificar a gestão pública, contribuir para a mobilidade urbana e promover uma região inteligente. 

O polo tem área total de 220 hectares, com previsão de edificação em 68 deles, sendo o restante preservado com espaços comunitários para manter o equilíbrio ambiental. Localiza-se a cerca de 8km a sudoeste de Itajaí, no epicentro da triangulação de Florianópolis, Blumenau e Joinville.  

- Publicidade -

O prédio do Centro de Inovação (foto) possui recursos do Governo do Estado de Santa Catarina e de Itajaí. A criação do Distrito contará com investimentos privados e a gestão do Centro está prevista no consórcio intermunicipal que teve adesão de oito municípios integrantes da Amfri, incluindo Balneário Camboriú.  

Nova Esperança: ‘visão vocacionada’ 

O vereador explica que a visita também serviu para refletir sobre o Bairro Nova Esperança, que através de análise (inclusive é citado no plano feito pelo escritório de Jaime Lerner) possui ‘visão vocacionada’ para inovação, ciência e tecnologia. 

“Como Balneário Camboriú já possui uma Política Municipal sobre Inovação, Tecnologia e Cidades Inteligentes, continuaremos cobrando a execução da lei pelo Poder Executivo e acompanhando o desenvolvimento do consórcio, para que nossa cidade possa usufruir e contribuir com esse grande complexo de inovação e ajudar a fortalecer a Foz do Itajaí como região inteligente”, diz. 

Meirinho vê que essa nova economia (a tecnologia) é uma oportunidade para a região e para Balneário Camboriú. “Enquanto cidade turística e com potencial econômico, abre caminhos para a ascensão de startups, incubadoras e parcerias entre o setor público, privado e universidades”.

Em Balneário

A reportagem procurou a diretora presidente da BC Investimentos, Maria Pissaia, sobre o andamento do polo tecnológico em Balneário Camboriú.
“Partindo do projeto conceitual do Masterplan do Jaime Lerner que vocaciona o bairro Nova Esperança para o desenvolvimento de um distrito de tecnologia e inovação, estamos trabalhando junto com a Secretaria de Planejamento para estudo da região, como zoneamento, potencial construtivo e viabilidade de vias no local”, disse Maria Pissaia.

- Publicidade -

Jornal Página 3 nas redes

39,752FãsCurtir
18,100SeguidoresSeguir
6,507SeguidoresSeguir
12,000InscritosInscrever
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -