- Publicidade -
- Publicidade -
13.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Vereador pede transparência na limpeza e manutenção da drenagem pluvial de Balneário Camboriú

O vereador André Meirinho protocolou um projeto de lei que visa dar transparência à limpeza e manutenção da drenagem pluvial de Balneário Camboriú, já que a cidade sofre com problemas de alagamento e a limpeza de bocas de lobo e sistema de drenagem podem ajudar nessa situação.

Segundo o vereador Meirinho, o PL foi sugestão da comunidade – os próprios moradores lhe passaram a importância da transparência na questão da limpeza e manutenção da drenagem pluvial de Balneário Camboriú. 

“Muitas pessoas vêm levantando os problemas de alagamento, que acontecem também em função da rede de drenagem não ter limpeza. As pessoas têm dúvida de fato. Questionamos o governo, dizem que foi feito ou então dizem que não sabem quando foi feita a última limpeza… é muito nebuloso. Afinal, eles não têm controle disso? Quando vai ser feita a limpeza na rua x e em tal bairro? Os moradores querem saber. Tem que ter questão de prevenção, precisa ser padrão a manutenção, se não acabam ocorrendo problemas como ocorrem”, explica.

- Publicidade -

Meirinho lembra que a sistematização dessas informações já é uma exigência do Sistema Nacional de Informações em Saneamento Básico (SINISA), porém as mesmas não são divulgadas localmente de forma periódica. 

“Agora, com este projeto queremos que a população de Balneário Camboriú e as pessoas que visitam a cidade, possam saber informações precisas e atualizadas, através da internet, sobre o sistema de drenagem da cidade, incluindo as características da rede, limpeza e manutenção, bem como do planejamento, execução e controle das obras de ampliação e melhorias da infraestrutura realizadas pela prefeitura ou por contratação de terceiros”, acrescenta, citando que o município é impermeável, e que por isso o sistema de drenagem precisa funcionar, além de que precisam ser realizadas novas obras, como a que está prevista para acontecer na Avenida Atlântica, entre a Rua 2.500 e Pontal Norte, antecedendo a reurbanização da Atlântica.

O vereador completa salientando que o foco do PL, que já está tramitando no Legislativo, é saber quando foi feita a limpeza e quando será feita a próxima, para a comunidade seguir e fiscalizar o cronograma. 

“Precisa ficar transparente, a população fiscaliza muito, quer se inteirar, buscar saber. Felizmente obra ‘enterrada’ tem sido de interesse e o PL é uma resposta ao pedido da comunidade. Solicitamos transparência, que prestem contas do cronograma de limpeza, de manutenção… se não, a nossa cidade continuará com esses problemas frequentes de alagamento e muita gente sofre com isso. Tem que ser uma pauta da cidade. A população cobra e eu, como vereador, estou buscando encontrar alternativas”, finaliza.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -