- Publicidade -
- Publicidade -
19 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Vereador Victor Forte indica que prefeito faça estudo para viabilizar benefício aos MEIs

O vereador Victor Forte protocolou nesta semana indicação ao prefeito Fabrício Oliveira sugerindo estudos para viabilizar a criação de um benefício temporário específico para os Microempreendedores Individuais (MEIs) de Balneário Camboriú. Segundo o vereador são mais de 3,5 mil sofrendo com a pandemia, que já completou um ano. Na última semana, Victor havia sugerido que o prefeito pagasse uma gratificação aos servidores que estão na linha de frente da pandemia [saiba mais aqui].

“É preciso pensar nestas pessoas. Elas colaboram com o desenvolvimento de nossa cidade e merecem que o governo ofereça condições para que os seus negócios possam permanecer abertos. A implantação deste auxílio é uma forma de manter a saúde financeira dos microempreendedores de Balneário, através de benefícios mensais, por período e valores que se enquadrem nas despesas do município [o valor do benefício não foi citado pelo vereador, com o Executivo decidindo isso]”, diz.

Quem pode receber

- Publicidade -

Para fazer jus ao benefício, o vereador sugere que o beneficiário esteja cadastrado junto à Sala do Empreendedor da prefeitura, não estar recebendo qualquer outro benefício federal ou previdenciário e ter como seu único sustento a atividade como MEI. 

Victor salienta que nos últimos dias tem sido procurado por muitos comerciantes e empreendedores que abordam temas relacionados à pandemia, como o lockdown. 

“Não deveria existir esta briga entre quem defende o lockdown e quem é contra, o foco deveria ser a união dos poderes e da sociedade para que viabilizem estudos para o desenvolvimento de políticas públicas que ofereçam condições para que pessoas e empresas possam sobreviver a este momento, onde as restrições impostas para o combate do aumento exponencial do novo coronavírus trazem muitas consequências. Entendo que este é o nosso papel como representantes públicos. As pessoas não deveriam ter que escolher entre trabalhar ou morrer”, acrescenta.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: