- Publicidade -
- Publicidade -
24.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

210 casos positivos de Dengue em Balneário Camboriú: outros 671 aguardam resultado

Balneário Camboriú possui 210 casos positivos de Dengue, segundo boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (8) pela Secretaria de Saúde da cidade. Outros 671 exames aguardam a liberação dos resultados. 

Dos casos positivos, 101 são considerados autóctones (aqueles contraídos na própria cidade). Oito casos foram importados de outros municípios, 93 são indeterminados e oito estão em investigação.

Saiba reconhecer os sintomas

O número alto e crescente de casos da doença, está levando as pessoas a procurar diretamente as unidades de saúde, o que está causando grandes filas de espera. 

- Publicidade -

Por isso, é importante saber diferenciar os sintomas da dengue de doenças como a gripe. 

Normalmente, a primeira manifestação da dengue é a febre alta, de início abrupto, que geralmente dura de dois a sete dias, acompanhada de dor de cabeça, dores no corpo e nas articulações, além de prostração, fraqueza, dor atrás dos olhos e manchas vermelhas na pele.

Prefeitura pede que comunidade utilize serviço de telemedicina

Para casos leves da doença, a opção é o serviço de telemedicina, voltado a moradores da cidade. Através do 0800 888 6556, os pacientes são atendidos em casa, sem precisar ir até uma unidade de saúde. Se há necessidade de medicamento ou atestado médico, o profissional emite. Tudo gratuito e sem esperar na fila do hospital ou unidade de pronto atendimento.

Centro Especializado e UPA/PA

Para pacientes com suspeita da doença, a Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú disponibiliza o Centro Municipal de Referência à Dengue, que funciona anexo ao antigo pronto-socorro do Hospital Ruth Cardoso. 

O local funciona de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, exclusivamente para moradores da cidade com cadastro ativo na rede municipal de saúde.

Nos finais de semana e no período noturno, a UPA do Bairro das Nações e a PA da Barra também acolhem a população.

Importância de cada pessoa cuidar para não criar foco do mosquito

A prefeitura de Balneário Camboriú está contratando mais agentes de combate às endemias, vem fazendo mutirões nos bairros, aplicou nesta última quinta-feira (7) fumacê nos bairros Pioneiros e Nações, mas o secretário de Saúde da cidade, Omar Tomalih, explica que de tudo isso que estão fazendo nada adianta  se a população não fizer o seu papel.

“É importante que as pessoas cuidem do seu quintal, eliminar pontos que podem acumular água parada: tampar bem caixas d’água, evitar o acúmulo de lixo, limpar frequentemente ralos e calhas, e verificar sempre vasos, pneus e outros lugares que podem facilitar a formação de poças d’água. Temos que juntos barrar o crescimento da dengue em nosso município”, disse.

- Publicidade -

Incidência de focos do mosquito por bairros

Dados do programa de Combate a Endemias mostram que a cidade já identificou 304 focos do mosquito Aedes aegypti em armadilhas e pontos estratégicos desde o início do ano, divididos pelos seguintes bairros: Centro 75, Nova Esperança 44, Barra 34, Nações 20, Estados 19, Praia dos Amores 17, Municípios 17, Ariribá 15, São Judas 12, Estaleirinho 10, Estaleiro 8, Iate Clube 8, Taquaras 6, Vila Real 5, Laranjeiras 4, Praia do Pinho 4, Várzea do Ranchinho 4 e Pioneiros 2.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -