- Publicidade -
16.8 C
Balneário Camboriú

Alaíde Nunes, 101 anos, a primeira idosa vacinada em Balneário Camboriú

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A Secretaria da Saúde iniciou nesta segunda-feira (25) a vacinação em idosos que vivem no Lar São Vicente de Paula, no Bairro dos Municípios. A primeira idosa a ser imunizada em Balneário Camboriú foi Alaide Antunes, de 101 anos.

O secretário da Pessoa Idosa, Paulo Senk acompanhou a vacinação, junto com a direção da instituição. Ele disse que 82 pessoas foram imunizadas e dentro de 21 dias todas receberão a segunda dose.

“No dia de hoje o Lar dos Idosos Associação São Vicente de Paula recebeu da prefeitura municipal a primeira dose da vacina CoronaVac, que foi aplicada em todos os idosos residentes, bem como nos colaboradores da associação. Ao todo foram aplicadas 82 doses, sendo, 42 idosos e 40 colaboradores”, disse o secretário.

A maioria dos residentes imunizados tem mais de 75 anos, mas os que têm idade inferior a 75 também receberam a vacina, porque estão dentro do critério de residir em uma instituição de longa permanência para idosos, segundo explicou o secretário.

Vila Europa também

- Publicidade -

A secretária da Saúde, Leila Crócomo disse que além do Lar dos Velhinhos, também começaram a imunização nos idosos residentes na Pousada Geriátrica Vila Europa, que fica na Praia dos Amores. Foram aplicadas 47 doses, 34 em idosos e 13 em profissionais que lá trabalham. A vacinação segue no período noturno e encerra amanhã nesta instituição.

Urgências e Emergências

A Secretaria da Saúde também vacinou profissionais do UPA/Nações e PA/Barra, da rede pública de urgências e emergências.

“Espero receber mais doses nesta terça-feira para seguir imunizando os profissionais de saúde, principalmente os que trabalham em hospitais.

- Publicidade -

“Desde que foi aplicada a primeira vacina em Balneário Camboriú na quarta-feira (20), foram imunizadas 987 pessoas, nas UTI´s do Ruth Cardoso, da Unimed e do Hospital do Coração, nos asilos e na rede pública de urgência e emergência. Mas ainda tem todas as unidades de saúde e não sabemos ainda se as doses chegarão toda semana”, disse Leila.

Idosos preocupados

Segundo Leila, a Secretaria vem recebendo muitas ligações, as pessoas querem saber quando receberão, quem pode tomar, se cuidadores de idosos vão receber etc.

“É muito importante não ultrapassar fases. Pessoas que têm idosos acamados em casa ligam muito, a recomendação é que eles procurem a unidade de saúde mais próxima para cadastrar essa pessoa acamada. Hoje não podemos dizer ‘quando’, porque dependemos das remessas que o Estado nos repassa”, explicou.

Os 60 +

A Secretaria da Saúde tem o controle da vacina contra gripe, realizada ano passado, que bateu recorde de procura: 18 mil doses foram aplicadas, sete mil a mais do ano anterior (2019).

“Essa grande procura aconteceu porque muitas pessoas achavam que vacinando contra a gripe também estavam se imunizando contra o Covid”, disse.

Ela disse que assim que chegarem as vacinas para os maiores de 60 haverá ampla divulgação, os acamados serão vacinados em casa e os demais idosos receberão a imunização na unidade mais próxima de seu endereço.

“Já estamos com tudo organizado, tendas serão colocadas nas unidades para garantir e reforçar a segurança de todos”, orientou.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -