- Publicidade -
- Publicidade -
24.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Balneário Camboriú tem 96 casos de dengue, números não param de crescer

Secretário de Saúde reforça necessidade da população fazer a sua parte

O secretário de Saúde de Balneário Camboriú, Omar Tomalih, reafirmou sua preocupação com o crescimentos dos casos de dengue em Balneário Camboriú. Desde o início do ano até hoje (23), já foram notificados 932 casos suspeitos de dengue na cidade. 

Desses, estão confirmados 96 casos – 38 autóctones (quando a doença é contraída na cidade), 44 indeterminados (não houve a identificação sobre o local onde a pessoa contraiu o vírus), cinco importados (quando a doença foi contraída em outra cidade) e nove em investigação de Local Provável de Infecção (LPI).

“A situação está cada vez mais grave, ainda sob controle, dentro das previsões que fizemos, mas o cenário preocupa, 96 casos positivos esse ano, é mais que o triplo que o mesmo período ano passado”, disse.

Ele chamou atenção para outra alteração que está acontecendo nesse processo de crescimento.

“Normalmente registramos o sorotipo 1, esse ano já registramos o 1, o 2 e o 3, dos 4 existentes. Isso é muito preocupante”, reforçou.

- Publicidade -

Tomalih adiantou que nos próximos dias deverá ser publicado um decreto municipal para agilizar algumas ações e procedimentos necessários.

“Estamos pedindo para a população ligar para o 0800 assim que tiver qualquer sintoma de dengue e não entupir os pontos de atendimento. No 0800 a pessoa recebe todas as informações necessárias e se preciso, será encaminhada para um atendimento”, afirmou.

Na próxima semana, deverá entrar em funcionamento o Centro de Atendimento de Dengue, nos moldes do que funcionou no ano passado, no auge da doença.

“Mas tudo isso não adianta nada, nada se a população não ajudar a combater o mosquito. Nós estamos bem preparados, mas se o cenário piorar muito mais, vai acontecer o caos, com grande volume de pessoas, nas portas de atendimento e isso queremos evitar, mas todos devem estar atentos”, disse.

Mutirão neste sábado na Barra

Movimento contra o Aedes inclui limpeza de terrenos baldios (Divulgação/PMBC)

Agentes de endemias estarão no Bairro da Barra para um mutirão contra a dengue neste sábado (24). A ação começa às 8h30 na esquina da Rua Bruno Zabel com Avenida Hermógenes Assis Feijó e percorrerá as demais ruas do bairro até as 11h30, com visita às residências.

Essa atividade estava prevista para o dia 17 de fevereiro, mas a chuva adiou-a. Durante o mutirão, serão alertados os moradores sobre os meios de proliferação do Aedes aegypti (mosquito transmissor da doença) e identificados criadouros. Além do trabalho de conscientização feito pela Secretaria da Saúde, haverá, com o auxílio da Secretaria de Obras, recolhimento de resíduos em desuso, que estejam acumulando água nos pátios.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -