- Publicidade -
- Publicidade -
28.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Brasil ultrapassa a marca de meio milhão de casos prováveis de dengue, com 75 mortes

(FOLHAPRESS) – O Brasil ultrapassou a marca de meio milhão de casos prováveis de dengue, de acordo com os dados atualizados do Ministério da Saúde divulgados nesta segunda-feira (12).

São 512.353 casos suspeitos nas seis primeiras semanas epidemiológicas do ano, quase o quádruplo do registrado no ano passado (128.842).

Apenas neste ano, 75 mortes foram confirmadas pela doença e outras 350 estão em investigação. O estado de Minas Gerais é o que registra o maior número de casos prováveis da doença, com cerca de 171 mil registros.

- Publicidade -

Na sequência, estão São Paulo (83.651), Distrito Federal (64.403), Paraná (55.532), Rio de Janeiro (39.315), Goiás (31.809), Espírito Santo (14.107) e Santa Catarina (12.470).

Também nesta segunda, a Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo anunciou ter recebido na última sexta (9) 79,4 mil doses do imunizante contra a dengue, enviadas pelo Ministério da Saúde, para dar início à campanha de vacinação contra a doença no território paulista.

De acordo com a pasta, o PNI (Plano Nacional de Imunização), diante do número limitado de doses, orientou que a vacinação seja iniciada em crianças de 10 e 11 anos nos 11 municípios do Alto Tietê previamente definidos pelo ministério.

A Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Municipal da Saúde, chegou a enviar um ofício ao ministério no dia 30 de janeiro solicitando a distribuição de doses da vacina à capital paulista. A cidade registra alta nos casos da doença, mas ficou de fora da lista de municípios prioritários para o início da vacinação.

A administração da capital confirmou na última quinta (8) a primeira morte por dengue da cidade em 2024. Até agora, o estado de São Paulo tem nove óbitos confirmados, sendo dois na Grande São Paulo, de acordo com o Painel de Monitoramento do governo estadual.

De acordo com o Ministério da Saúde, os critérios de distribuição das doses foram definidos pela pasta em conjunto com o Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

A imunização com a Qdenga, da farmacêutica japonesa Takeda, começará pelas crianças de 10 a 11 anos, mas assim que novos lotes foram entregues pelo laboratório fabricante, a faixa etária vai avançar progressivamente. Essa é a faixa etária com maior índice de hospitalização por dengue dentro do público-alvo da vacina, de 10 a 14 anos.

- Publicidade -

Ao todo, 521 municípios brasileiros foram selecionados para iniciar a vacinação contra a dengue. As cidades compõem 37 regiões de saúde que, segundo a Saúde, são consideradas endêmicas para a doença.

O lote inicial, com 712 mil doses, está sendo enviado para 315 municípios nas seguintes unidades da federação: Distrito Federal, Goiás, Bahia, Bahia, Acre, Acre, Paraíba, Paraíba, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Amazonas, São Paulo e Maranhão.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -