- Publicidade -
- Publicidade -
23.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Dengue em Balneário Camboriú: Saúde lançou site secuidabc com dicas e orientações sobre prevenção

Tudo ajuda, mas essencial é cada um fazer a sua parte, cuidar do seu pátio para evitar que o mosquito nasça

O secretário de Saúde de Balneário Camboriú, Omar Tomalih, disse que a ‘explosão’ de casos positivos verificados no final de semana – quase 650 – já era uma situação esperada.

Na tentativa de melhorar esse cenário, a prefeitura lançou esta semana o site secuidabc.com.br com dicas e orientações sobre a dengue e números atualizados da situação em Balneário Camboriú. 

“É uma ferramenta a mais, além das ações que já temos, como a abertura do Centro de Referência, compra de testes rápidos e repelentes, aumento no quadro de agentes e uma campanha publicitária. O objetivo do site é levar informações reais sobre a situação da dengue, casos positivos, regiões com maior número de casos e de focos, para que a população acompanhe em tempo real”, disse Tomalih.

No entanto, ele reforça que não basta todas as ações do poder público sem ajuda da população. 

“Por exemplo, todo sábado estamos passando inseticida nas escolas, mas os pais devem ajudar e também devem passar repelente nos filhos antes de irem para a escola e eles também precisam usar.  Cada um precisa cuidar do seu reduto, acabar com qualquer poça de água, não dar chance para o mosquito se criar”, ressaltou.

- Publicidade -

Boletim 

Divulgação/PMBC

De acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela prefeitura no dia 22, Balneário Camboriú registrou desde o início do ano, 3336 casos suspeitos, dos quais 628 foram confirmados como positivos. Outros 1595 exames foram descartados, enquanto 1113 aguardam a liberação dos resultados.

Dos casos positivos, 503 são autóctones (contraídos na cidade). Oito casos importados de outros municípios, 104 são indeterminados e 13 estão em investigação.

O novo site

Divulgação/PMBC

Ao entrar no portal eletrônico, o usuário tem acesso a informações confiáveis sobre como se proteger da dengue, com dicas de fácil aplicação, e também como proceder em casos de suspeita de dengue. 

O site também tem informações sobre os sintomas da doença, os serviços oferecidos na rede pública de saúde para prevenir e tratar a dengue, dados atualizados semanalmente acerca dos casos registrados no município, bem como os canais diretos com especialistas – para consultas, orientações e denúncias. 

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -