- Publicidade -
- Publicidade -
25.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Falta de adesão em todo o país, prorroga Vacinação contra Influenza até final de junho

Balneário Camboriú aplicou 19.925 doses, o que corresponde a 39% da meta estabelecida pelo MS, que era de 50.999 pessoas imunizadas no município

O Ministério da Saúde delegou aos governos estaduais a decisão de prorrogar a 25ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza, que ficou longe da meta estabelecida. Até esta quarta-feira, 31 de maio, último dia programado, não alcançou metade da população esperada. No início da campanha, a vacinação estava destinada para grupos de risco, mas na metade do período, o Ministério da Saúde, abriu para maiores de 6 meses, para evitar o desperdício ou a perda de doses.

De acordo com a Vigilância Epidemiológica de Balneário Camboriú, foram aplicadas no período da campanha, 19.925 doses, o equivalente a 39% da meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

A Comissão Intergestores Bipartite de Santa Catarina decidiu pela prorrogação até 30 de junho em todo o Estado.

- Publicidade -

Na nota encaminhada à Secretaria de Saúde de Balneário Camboriú atribui a prorrogação às baixas coberturas vacinais registradas no estado, nos grupos prioritários elencados para a vacinação, especialmente crianças, gestantes, puérperas e idosos. 

A nota também alerta para o aumento no número de casos de doenças respiratórias no Estado e destaca que em comparação aos últimos cinco anos, houve um aumento significativo no número de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por influenza nos primeiros meses do ano de 2023. Estes casos afetam principalmente as crianças com menos de 9 anos, que representam 39% dos casos, seguido das pessoas com mais de 60 anos, com 27,5% dos casos, demonstrando a vulnerabilidade desses grupos em relação a infecção pelo vírus da influenza.

A secretária da Saúde de Santa Catarina, Carmen Zanotto, finaliza a nota informando que mesmo com o encerramento da Campanha de Vacinação contra Influenza, no dia 30 de junho, as Secretarias Municipais de Saúde devem continuar vacinando a população, especialmente os grupos prioritários, até o encerramento dos estoques da vacina.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -