- Publicidade -
13.3 C
Balneário Camboriú

Governo de SC pede que municípios aumentem restrições: “Pretendemos acelerar se tivermos vacina”, diz secretária de Saúde

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

O governo de Santa Catarina emitiu uma nota pedindo que os municípios que estão há mais de três semanas no nível gravíssimo (como Balneário Camboriú) aumentem as restrições e acelerem a vacinação, ampliando a testagem de casos suspeitos, etc. Porém, para que a vacinação seja acelerada, a cidade depende que mais vacinas cheguem ao município.  

Balneário depende de novas doses 

A secretária de Saúde de Balneário Camboriú, Leila Crócomo, salienta que o governo municipal continua aguardando as vacinas, tanto por parte do governo estadual, quanto através do Ministério da Saúde. 

- Publicidade -

“Pretendemos acelerar a vacinação se tivermos vacina. Estamos vacinando as pessoas 54+ sem comorbidades, mas precisa chegar vacina essa semana para continuarmos. Temos até o fim do mês para chegar a faixa etária dos 50 anos, e para isso dependemos das novas doses”, explica. 

Lembrando o óbvio: cuidados não podem parar 

Segundo Leila, a prefeitura também vem aumentando as restrições quanto às festas clandestinas e fiscalização de bares, restaurantes e comércios, com o objetivo de coibir aglomerações – a principal forma de disseminação da Covid-19. 

“Todos os dias, a todo momento, alertamos que os cuidados precisam continuar, mesmo com quem já tomou a vacina, até porque há um período de efeito e precisa tomar a segunda dose. A higiene, a proteção, isso não pode parar, porque ainda há muitos moradores da cidade que precisam ser imunizados. Temos que estar sempre lembrando o óbvio”, pontua. 

O inverno dificulta

Outra preocupação da Saúde é a demanda de doenças respiratórias, que aumentam com a chegada do inverno. 

- Publicidade -

“Por isso o uso da máscara é mais do que primordial e quem puder precisa ficar em casa, precisamos nos cuidar ainda mais. Se você se cuida, você estará preservando a sua saúde e a do próximo! Somos todos responsáveis pela saúde um do outro”, afirma. 

“Vacina boa é vacina aplicada” 

Muito se comenta sobre as reações da vacina Astrazeneca, que incluem sintomas gripais como febre e dor. 

“Quem sentir algo além do normal, como febre alta e muita dor, deve procurar uma unidade de saúde, mas não podemos esquecer que é comum reação à vacina, pode acontecer febre, dor local, sensação de cansaço. Mas até agora não tivemos nenhum caso grave. As pessoas não precisam ter medo de se vacinar e lembramos que não é momento de escolher vacina: vacina boa é vacina aplicada!”, acrescenta.

Influenza: público precisa se vacinar 

O nível de comparecimento para a vacina da gripe está muito abaixo do esperado em Santa Catarina e no Brasil e, segundo a secretária, em Balneário Camboriú a procura também está baixa.

 “Em 2020 não tinha a vacina do Covid, então tivemos uma procura muito intensa, e neste ano só se fala em Covid e as pessoas querem essa vacina. Precisamos nos vacinar contra a gripe também, a Influenza também é uma doença grave e com ela vemos o quanto a vacina é eficiente, pois diminuiu muito a mortalidade por gripe. Ela é importante e não pode ser deixada de lado”, afirma.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -