- Publicidade -
25.5 C
Balneário Camboriú

Lançada em Itajaí a pedra fundamental do novo hospital da Unimed Litoral

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A Unimed Litoral lançou neste sábado, 17, na rua João Bauer, 250, Centro de Itajaí, a pedra fundamental de um novo hospital de alta complexidade, com previsão de funcionamento parcial a partir de 2024 e total em 2026.

Ele irá se juntar a outros dois hospitais que a cooperativa já possui, para atender seus clientes na região entre Barra Velha e Bombinhas.

Em breve discurso, o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, destacou que a cidade duplicará sua população até 2040, chegando a 400 mil habitantes, e o grande investimento da Unimed, em um novo hospital, está em consonância com o presente e com o futuro da região, agregando qualificação em saúde.

Em seguida, o Dr. Eduardo Marques Brandão, que em 1985 liderou a criação da Unimed Litoral, observou que se sente orgulhoso pelo crescimento da cooperativa, com foco em qualidade.

- Publicidade -

Ele destacou colegas presentes que o ajudaram a criar a Unimed Litoral e, bem humorado, diante de uma frota de ambulâncias estacionadas no pátio do futuro hospital, lembrou que a primeira foi adquirida com dinheiro emprestado por médicos cooperados.

O médico Alberto Gugelmin Neto, presidente da Federação das Unimeds de Santa Catarina, destacou em sua fala que a Unimed é um modelo que em 54 anos se multiplicou por todo o Brasil, e hoje é a maior cooperativa de trabalho médico no mundo.

Ele reforçou que Santa Catarina é exemplo para o País, com 22 Unimeds, 9 hospitais -que serão 13 dentro de dois anos- e nesse cenário a Unimed Litoral é a que apresenta a maior evolução no Estado, em recursos próprios.

- Publicidade -

O presidente da Federação fez a reflexão que toda a tecnologia não serviu para quase nada quando veio a pandemia. Foram os médicos, os enfermeiros, os técnicos, o pessoal da saúde que colocou sua vida em risco -e vários morreram- para controlar a doença.

O presidente da Unimed Litoral, Dr. Umberto João D´Ávila, finalizou destacando que a pedra fundamental, vinda da natureza em estado bruto, marca o objetivo de construir o novo hospital.

“Neste momento não temos nada para comemorar, a comemoração será quando do atendimento do primeiro paciente, a primeira alta acontecer, a primeira cirurgia for realizada” finalizou o Dr. Umberto.

O NOVO HOSPITAL

Investimento: em torno de R$ 180 milhões.

Área de cobertura: Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Barra Velha, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Luiz Alves, Navegantes, Penha, Porto Belo e São João do Itaperiú.

Primeira etapa: estará concluída em 2024, compreendendo a macroestrutura e o funcionamento 40 consultórios médicos; ambulatório de oncologia; centro de diagnóstico por imagens, Pronto Atendimento para adultos e Pronto Atendimento infantil.

Segunda etapa: prevista para 2026, com a ativação dos pavimentos superiores do prédio, que abrigarão as UTIs, 20 salas para cirurgias, 35 leitos de UTI, mais de 200 leitos de internação e outros serviços.

Na foto, da esquerda para a direita, o Dr. Claudio Werner, ex-presidente da Unimed Litoral; o desembargador Carlos Roberto Silva; o vice-presidente da Federação das Unimeds de Santa Catarina, Dr. Sergio Malburg Filho; o presidente da Federação das Unimeds de Santa Catarina, Dr. Alberto Gugelmin Neto; o presidente da Unimed Litoral, Dr. Umberto João D´Ávila; o líder da criação da Unimed Litoral, Dr. Eduardo Marques Brandão e o prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -