- Publicidade -
- Publicidade -
28.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Morador reclama de fila no Posto Central de Saúde de Balneário Camboriú

Um leitor procurou o jornal para reclamar de muita fila para atendimento nesta sexta-feira (2), na Unidade Básica de Saúde (UBS) Central de Balneário Camboriú, na Rua 1.500, no Centro da cidade.

Segundo o morador, houve até briga porque um homem furou a fila.

“E começou a agressão. Foi por volta de 7h desta sexta (2). O que eu entendi é que toda sexta-feira tem confusão e filas na UBS Central. A saúde pública em Balneário Camboriú no final do mandato virou uma porcaria”, opinou.

- Publicidade -

A reportagem procurou o secretário de Saúde da cidade, Omar Tomalih, que afirmou que filas acontecem, mas não com frequência. Ele disse que agressão nunca aconteceu e que iria verificar o que ocorreu.

Balneário Camboriú lançou em 15 de janeiro o sistema de consultas online gratuitas com clínicos gerais (telemedicina), via WhatsApp. Foram mais de 500 atendimentos nesse período e o serviço veio justamente para ajudar a desafogar as filas das unidades de saúde.

“As pessoas precisam se habituar a usar. O serviço precisa ser divulgado e as pessoas precisam serem incentivadas pelas nossas equipes juntamente com uma ampla divulgação da imprensa, para virar hábito”, disse Omar.

O secretário lembrou que para consultas médicas previamente agendadas é necessário que a pessoa vá até a UBS do bairro onde mora. A telemedicina é uma ação voltada para casos de urgência de baixa gravidade.

Saiba mais sobre a telemedicina

A reportagem testou o serviço de telemedicina, que é prestado por uma empresa para várias cidades e o atendimento foi imediato.

O médico Arthur Militz Wypyczynski Martins, disse ao repórter que a quantidade de consultas originadas em Balneário Camboriú “está surpreendendo” e que a eficácia é a típica em serviços deste tipo, mais de 90% dos pacientes não precisam procurar um hospital.

- Publicidade -

O atendimento ocorre através do WhatsApp pelo telefone 0800 888 6556 e videoconferência.

O paciente deve estar conectado à internet e utilizar um aparelho com câmera frontal. O serviço está disponível 24h por dia, durante todos os dias da semana.

Com o atendimento online, o município deseja diminuir a fila de espera nas Unidades de Pronto Atendimento, principalmente na temporada.

A consulta médica online é para pacientes com sintomas leves. Em caso de gravidade, a recomendação continua sendo a ida ao Pronto Atendimento do Hospital Municipal Ruth Cardoso, ao PA da Barra ou à UPA das Nações.

Caso a pessoa precise de medicamento, o médico enviará uma receita médica digital, onde o paciente poderá retirar nos quatro polos descentralizados da farmácia municipal.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -