- Publicidade -
- Publicidade -
18 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Moradores reclamam da falta de medicamentos na Farmácia Municipal e prefeitura esclarece

O Página 3 tem recebido questionamentos de moradores de Balneário Camboriú sobre a falta de medicamentos na Farmácia Municipal, localizada na Quarta Avenida, esquina com a Rua 2.438. A prefeitura confirmou e justificou a falta dos remédios, que estaria acontecendo em todo o país.

(Divulgação/PMBC)

Moradores informaram que estariam faltando medicamentos como o antibiótico Amoxicilina, alguns antidepressivos como Clomipramina e até analgésicos como Paracetamol, o que foi confirmado pela secretária de Saúde, Leila Crócomo. 

- Publicidade -

“A dificuldade de entrega é dos distribuidores destes medicamentos. Temos alguns com previsão de entrega em 15 dias, espero que sim”, disse.

A pandemia teria afetado o setor e os medicamentos não são entregues pelas empresas, que alegam falta de insumo. 

O governo municipal afirma que já fez as solicitações de compra, mas o mercado prioriza o setor privado e, quando atende o poder público, não entrega o pedido em sua totalidade.

Alguns remédios já chegaram

A assessoria da Secretaria de Saúde repassou ao Página 3 que alguns medicamentos que estavam em falta Alopurinol 100mg CP e 300mg, Doxazosina 2mg e Enalapril 10mg foram entregues nesta quarta-feira (29). 

- Publicidade -

Há outros (insulina regular caneta, Levonorgestrel 0,75mg CP e Noretisterona 0,35mg CP) que estão em falta na Farmácia Municipal, mas disponíveis nas farmácias populares e são entregues gratuitamente.

Medicamentos em falta na Farmácia Municipal

*Remédios solicitados, mas sem previsão para entrega por conta da falta no mercado (são medicamentos importados da China, que relata falta de insumos para produção): 

Amoxicilina + Clavulanato (susp. e CP), Dexametasona creme, Loratadina 1mg/ml susp., Paracetamol gotas, Ticlopidina 250mg.

- Publicidade -

*Remédios solicitados que devem ser entregues em julho: 

Aciclovir 200mg CP, Beclometasona 50mg, Cefalexina 250mg/ml susp., Difosfato cloroquina, Metronidazol 40mg/ml, Miconazol creme, Salbutamol spray, Sinvastatina 10mg, Valproato de sódio 250mg, Amoxicilina suspensão, Beclometasona 250mg, Carvedilol 25mg, Clomipramina 25mg, Estradiol 1mg/cp, Sulfato ferroso XPE.

*Medicamentos que a prefeitura tentou o processo de compra, mas que estão em falta no mercado: Medroxiprogesterona 150mg/ml e Retinol + colecalciferol (Vit A+D).

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -