- Publicidade -
22 C
Balneário Camboriú

Mutirão para vacinar contra Influenza aberto à população maior de seis meses será neste sábado em Balneário Camboriú

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

A campanha nacional contra Influenza para os grupos prioritários encerra nesta sexta-feira (9), mas o Ministério da Saúde prorrogou a imunização para toda população maior de seis meses, a partir deste sábado. Isto porque este ano a campanha ficou longe da meta, ao contrário de anos anteriores. 

Em todo o país ficou abaixo da metade do esperado. Santa Catarina e Balneário Camboriú também não conseguiram atingir a meta estabelecida. Em Balneário Camboriú, conforme último relatório, foram vacinadas mais de 24 mil pessoas dos grupos prioritários.

Para melhorar estes números, a Secretaria Municipal da Saúde de Balneário Camboriú realizará neste sábado (10) um mutirão. Podem participar pessoas dos grupos prioritários que por algum motivo não vacinaram no período correspondente, mas também qualquer pessoa que tenha mais de seis meses de vida.

A imunização vai acontecer nos postos de saúde do Centro e dos bairros Ariribá, Vila Real e Barra, das 8h às 17h. É necessário levar a carteira de vacinação e documento oficial com foto.

Covid-19

- Publicidade -

A pessoa que foi imunizada contra a Covid-19 precisa aguardar pelo menos 14 dias após as duas doses da vacina para ser vacinada contra a Influenza. No caso das vacinas Pfizer e AstraZeneca, que possuem um intervalo de 90 dias entre a aplicação das duas doses, pode tomar a vacina da Influenza após 14 dias da primeira dose. 

As pessoas que apresentarem sintomas (febre, dor no corpo e falta de ar) não podem ser vacinadas. 

Caso tenham testado positivo para Covid-19, é necessário aguardar 30 dias após o início dos sintomas para que a imunização seja aplicada.

Prevenção

- Publicidade -

A transmissão dos vírus Influenza acontece por meio do contato com secreções das vias respiratórias, eliminadas pela pessoa contaminada ao falar, tossir ou espirrar. Também por meio das mãos e objetos contaminados, quando entram em contato com mucosas (boca, olhos, nariz). 

Para evitar a doença utilizar máscara; manter distanciamento social; lavar as mãos várias vezes ao dia; cobrir o nariz e a boca com lenço descartável ao tossir ou espirrar; não compartilhar objetos de uso pessoal; além de evitar locais com aglomeração de pessoas.

Informações: Secretaria da Saúde: (47) 3261-6200

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -