- Publicidade -
- Publicidade -
23.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Secretário da saúde de Balneário Camboriú apresentou panorama do setor a empresários do município

Nesta terça-feira (13), o secretário de Saúde de Balneário Camboriú, Omar Tomalih, apresentou, em plenária promovida pela Associação Empresarial de Balneário Camboriú e Camboriú (ACIBALC), um panorama dos serviços da Secretaria Municipal de Saúde.

Entre os pontos abordados, estão: o orçamento anual previsto para investimentos na Saúde; o total de atendimentos nas portas de urgência e emergência, no Hospital Ruth Cardoso e na Atenção Básica; ações promovidas em 2023; e metas para este ano.

“O número de atendimentos na Saúde de Balneário Camboriú é enorme. Nas portas, atendemos moradores de toda região e não negamos, pois entendemos o valor da vida. É de extrema importância a aproximação do poder público com a iniciativa privada, por isso, seguiremos com esta apresentação, de forma transparente, para mais entidades municipais. Assim, é possível que entendam a magnitude desta Secretaria e o esforço que estamos aplicando para entregar o melhor serviço para nosso cidadão”, explica o secretário Omar.

- Publicidade -

Durante a plenária, o secretário compartilhou a quantidade de atendimentos prestados nas unidades. No Hospital Ruth Cardoso, a média de atendimentos no Pronto-Socorro é de 100 mil por ano. Quanto as internações gerais, a média anual é 10 mil, e no Centro Obstétrico registram-se mensalmente 280 partos. Normalmente, os pacientes são 50% de BC e 50% de outros municípios.

Já nas unidades de pronto-atendimento, anualmente, a média de atendimentos no UPA das Nações é de 100 mil e no PA da Barra, 70 mil. E nas oito Unidades Básicas de Saúde (UBS) o número chega a 450 mil atendimentos anuais.

(Texto: Lanume Weiss/Secretaria da Saúde de BC)

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -