- Publicidade -
- Publicidade -
25.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Comunidade pede fiscalização em som alto de embarcações no Rio Camboriú

Moradores, forças da segurança e autoridades estiveram reunidos esta semana para discutir um problema que está incomodando muitas pessoas: a perturbação causada pelo som alto de embarcações no Rio Camboriú.

Segundo o vereador Anderson Santos, a perturbação de sossego seria por parte das lanchas. 

“É um projeto de lei que meu gabinete está elaborando para multar as embarcações que estiverem com excesso de som”, informou.

Reunião para buscar uma solução para o problema (Crédito Gabinete/Anderson Santos)

O Comandante do 12o Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Balneário Camboriú, Tenente-Coronel Éder Jaciel, disse que os moradores presentes na reunião relataram que o som alto das embarcações tem gerado ‘graves transtornos à tranquilidade’. 

“Foi sugerido pela PM a criação de uma lei municipal para regular a postura no local, sugerimos que fosse proibido qualquer som mecânico no trajeto do rio. As multas devem ser altas e o valor revertido para prevenção. Cabe ressaltar que o vereador Anderson já esteve no quartel no início do ano e já tratamos deste projeto com o mesmo”, explicou.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -