- Publicidade -
- Publicidade -
19.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Foragido da Justiça pulou de prédio nesta segunda, em Balneário Camboriú

Carlos Alexandre da Silva Lima, 40 anos, tirou a própria vida, na manhã desta segunda-feira (21), na Rua 3.500, no Edifício Mário Quintana, no centro de Balneário Camboriú. Segundo informações, Carlos Alexandre estava usando identidade falsa porque estava foragido da Justiça, por envolvimento com uma quadrilha de armas. 

Primeiramente o SAMU foi informado que ele se chamava Luiz Alexandre da Silva Gomes, mas o nome era falso. 

- Publicidade -

Ele se jogou do sexto andar do prédio, uma altura de aproximadamente 20 metros. No local estava uma mulher, que se apresentou como esposa e uma jovem de 25 anos, filha do homem. Elas informaram que ele estava com problemas emocionais e desde domingo (20) estaria ouvindo vozes e falando sozinho.

Carlos era natural de Canoas/RS e possuía mandado de prisão em aberto (antes estava em prisão domiciliar, mas o juiz havia revogado e ele se encontrava foragido da Justiça), por porte ilegal de arma de fogo, lavagem de dinheiro e envolvimento com organização criminosa.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: