- Publicidade -
- Publicidade -
18.2 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Furtos em comércios de Balneário Camboriú são cometidos principalmente por pessoas em situação de rua

“Todos conhecidos nossos”, disse o secretário de Segurança

Diversas tentativas de furto vêm acontecendo nos supermercados de Balneário Camboriú e na maioria delas, os ladrões são detidos, mas não ficam presos, porque o crime é considerado ‘de baixo potencial’. 

O secretário de Segurança da cidade, Antônio Gabriel Castanheira Junior, disse que os responsáveis são quase sempre pessoas em situação de rua.

Nos releases enviados pela Guarda Municipal não é especificado quem comete os furtos, que são em sua maioria de bebidas alcoólicas e carnes, indicando que são pessoas furtando para garantir o churrasco do fim de semana, mas Castanheira garante que não é bem isso. 

“Está acontecendo bastante, esses furtos são feitos por dependentes químicos que estão em situação de rua. Essas pessoas já entenderam que o que movimenta o crime é a impunidade, porque se você tem a certeza de que não vai ser punido, começam a reiterar práticas criminosas”, diz.

- Publicidade -

O secretário explicou que essas pessoas tentam furtar dos mercados para consumir (bebidas alcoólicas) e também furtam comidas, como carnes e doces, para vender ou trocar por drogas. 

“Todo produto que furtam, vira droga. Também já tentaram furtar bebidas em restaurantes para trocar por droga. A pessoa entra no mercado, olha o que vai furtar, parece mais fácil pegar a bebida, por exemplo, e leva”, comenta.

Mulher detida após tentar furtar um mercado da cidade (Divulgação/GMBC)

A ‘sorte’ é que os mercados da cidade possuem muitas câmeras e equipe de segurança, que conseguem flagrar e chamar a Guarda Municipal ou Polícia Militar para prender. 

“O mercado identifica os suspeitos e nos comunica, deslocamos rápido para dar resposta e deter a pessoa. Porém, infelizmente não estão ficando presas, são somente encaminhadas para a delegacia e lá são liberadas. Nós conhecemos muitos deles, a maioria, não tem muito ladrão novo em Balneário. Pode começar a ter mais novos agora no verão, porque aproveitam a temporada, porque circula dinheiro aqui, mas esse tipo de furto é de gente da cidade, todos conhecidos nossos”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -