- Publicidade -
- Publicidade -
24.6 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

GM está fazendo operações nos bairros de Balneário Camboriú pelo menos duas vezes por semana

O secretário de Segurança de Balneário Camboriú, Antônio Gabriel Castanheira Junior, procurou o Página 3 para informar que foram retomadas as operações de Saturação nos bairros de Balneário Camboriú, que haviam sido ‘pausadas’ por conta da alta demanda da temporada de verão. A operação acontece em todos os bairros da semana, pelo menos duas vezes na semana em cada bairro. Por dia são realizadas duas operações em bairros diferentes.

(Foto Divulgação/GMBC)

Ao menos duas vezes por semana em cada bairro: Saturação acontece todos os dias

Segundo Castanheira, o diferencial da Operação Saturação é que movem grande parte do efetivo da Guarda Municipal para os bairros, com muitas viaturas e guardas circulando pelas ruas e acontecem pela manhã, tarde e madrugada.

“Somente nesta semana fizemos nos bairros Nova Esperança, Estados, Centro, Pioneiros e Nações também. Cada supervisor é responsável por um bairro, quando assume o turno é obrigado a fazer uma Saturação, então toda semana estaremos fazendo pelo menos duas vezes em cada bairro. As pessoas sentem muito a presença da Guarda com essa operação que retomamos”, conta.

Retomada já vem dando resultado

O secretário diz que a retomada da Saturação já vem dando resultado, como cumprimentos de mandados de prisão, recuperação de produtos furtados – como celulares furtados, mas que o foco principal é a comunidade perceber a presença dos guardas municipais algo que, segundo Castanheira, coíbe também o crime.

“Você recupera itens, prende pessoas procuradas e ainda coíbe a prática criminosa, porque o meliante vê os guardas e fica receoso em agir, porque sabe que pode ser preso. Além de que a população vai enxergar a Guarda com mais frequência. Muito da segurança é feita da sensação – se a pessoa vê uma viatura, isso não só coíbe crimes, como o morador também se satisfaz”, pontua.

- Publicidade -

‘Mancha criminal’ também na mira

Além das operações nos bairros, a Guarda Municipal faz o acompanhamento diário da chamada ‘mancha criminal’ – com mapeamento é possível identificar onde acontece boa parte dos crimes, horários, além da GM também possuir um vasto cadastro de criminosos – muitos são conhecidos, foram presos várias vezes e por serem crimes considerados ‘de baixa periculosidade’, como furtos de celulares e bicicletas, seguem nas ruas.

“Quando fazemos ações com foco na mancha criminal, focamos em regiões com maior incidência de crimes – no caso de Balneário Camboriú é o Centro. E a população acaba não vendo a GM no bairro – porém, seguindo a mancha criminal, estamos em um local onde o crime de fato acontece, fazendo a prevenção sistêmica, pois mesmo você não morando no Centro, você passa por ele, e uma hora pode atingir você”, completa.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -