- Publicidade -
- Publicidade -
20.3 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Moradores alertam para necessidade de intervenção na Estrada da Rainha para evitar acidentes

A Associação de Moradores do Bairro Pioneiros (AMPI), através do presidente, César Gonzaga, procurou o Página 3 para alertar sobre possíveis acidentes que podem acontecer na Estrada da Rainha, que vem atraindo cada vez mais turistas para fazer fotos com a via, que agora é ‘tortinha’. Os visitantes se aventuram no meio do trânsito para fazer o click, e podem ser atropelados.

Gonzaga diz que desde que a prefeitura fez o trecho ‘torto’ – para trazer mais segurança ao local, porque muitos ciclistas desciam a Estrada com velocidade e caíam – muitos turistas vão até lá para se fotografarem com a pista atrás (Gramado também tem uma via semelhante, a famosa Rua Torta). 

“Precisamos fazer um alerta forte, antes que haja um atropelamento coletivo naquele local, o trevo ou bifurcação na descida e subida da Estrada da Rainha. Os turistas querem fotos e atravessam as três pistas de um lado para o outro, o tempo todo. Não adianta culpar as pessoas, aquilo ali é um ponto turístico, mas as pistas e acessos têm que ser diferenciados”, explica.

O presidente da AMPI acrescenta ainda que já repassou a situação para a prefeitura e que ‘não estão levando a sério’.

“Os turistas atravessam a pista e na hora que der um acidente vai ser coletivo. Deveria fazer um negócio só com faixa de pedestre, cheio de tartaruga de trânsito para redução de velocidade para salvar as pessoas”, acrescenta.

- Publicidade -

O que diz a BC Trânsito

A diretora da BC Trânsito, Magali Ignácio, conta que já havia recebido a demanda e que pretendem aumentar a fiscalização e fazer algumas intervenções de sinalização e de engenharia de tráfego – isso deverá ser feito quando a chuva parar porque há necessidade de sol para secar o asfalto.

 “Já está sinalizado o local, mas exige alteração de tráfego porque as pessoas não respeitam a sinalização. Pensamos até em fechar, mas tem que subir para o edifício que há ali. Os engenheiros já fizeram um planejamento, mas assim que melhorar o tempo, vamos trabalhar para modificar. As reivindicações da AMPI serão atendidas e já estávamos cientes delas. Estamos dependendo do tempo, já colocamos sinaleira e tem local para parada de ônibus, mas vão ter mais alterações com a Praça que ali será instalada”, explica.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -