- Publicidade -
- Publicidade -
16.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

MP denuncia comandante da Guarda Municipal de Balneário Camboriú por peculato e falsidade ideológica

O chefe da Guarda Municipal de Balneário Camboriú, Douglas Jesus Ferraz Rocha, foi denunciado à justiça pelo Ministério Público, acusado dos crimes de falsidade ideológica e peculato.

No dia 24 de setembro do ano passado, ele usou um carro da Guarda, descaracterizado, para comprar pizza e dormir na casa da namorada, deixando o veículo estacionado na rua. 

- Publicidade -

No dia seguinte o carro oficial havia sido levado por ladrões e, segundo o MP, Douglas “concorreu culposamente para a prática do crime de furto da referida viatura, pois, estacionou-a desnecessariamente na rua, no período noturno, agindo com negligência”.

Dois dias depois, o comandante da Guarda registrou boletim de ocorrência, alegando que o veículo foi furtado, enquanto estava em uso numa operação policial e isso, segundo o MP, constituiu falsidade ideológica, pois as investigações mostraram que a versão é falsa.

A reportagem do Página 3 não localizou o acusado, mas o espaço fica em aberto para sua manifestação.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
%d blogueiros gostam disto: