- Publicidade -
- Publicidade -
14.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

PM de Itajaí fechou canil com 40 cães

No local também estava um adolescente, que foi acolhido pelo Conselho Tutelar

A Polícia Militar de Itajaí fechou um cativeiro de cães de raça em situação de maus-tratos em Itajaí, na tarde de segunda-feira (17). No local também estava um garoto de 13 anos, que foi acolhido pelo Conselho Tutelar. Quatro pessoas foram presas.

Segundo a PM de Itajaí, por volta de 16h20 de segunda-feira, policiais foram chamados para atendimento de ocorrência na Rua Eugênio Pezzini, no Bairro Murta. A denúncia, realizada de forma anônima, indicava que havia uma casa que criava e comercializava animais domésticos de raça de forma clandestina.

- Publicidade -

Quando os militares chegaram ao local indicado, escutaram dezenas de latidos, vindos de um corredor estreito que dava nos fundos da casa.

Em análise feita do lado de fora foi percebido forte cheiro de excrementos característicos de locais com muitos animais e, como os latidos só aumentavam, foi chamado um dos proprietários, uma mulher de 60 anos, que recepcionou os policiais e teria titubeado em permitir a entrada deles na residência, apresentando nervosismo e outras perguntas desconexas. 

Porém, como o portão estava aberto e se tratava de aparente crime em situação de flagrância, os policiais optaram por entrar no local, conforme autoriza a Constituição Federal.

Dentro da casa, os PMs constataram dezenas de animais em estado de maus-tratos – estavam em local extremamente pequeno, mal cheiroso e sujo. 

- Publicidade -

Conviviam com suas fezes e alguns estavam amarrados. 

Além disso, a residência contava com cômodos que serviam de cativeiros para procriação e revenda, já que eram animais conhecidamente de raça (como Lulu da Pomerânia, Spitz Alemão e Yorkshire), com alto valor de mercado (pelo menos R$ 3.000,00 um Lulu) e estavam separados por idade e raça.

A Guarda Municipal Ambiental de Itajaí esteve no local e constatou os fatos, acionando o Instituto Itajaí Sustentável (INIS), que esteve presente e conduziu os cães para guarda e destinação. 

- Publicidade -

Foram apreendidos aproximadamente 40 animais, entre gatos e cachorros, mas o Instituto fará a contagem exata.

A Polícia Militar salienta que foram feitos diversos boletins que relatavam furtos de cachorros da mesma raça, como demonstram os registros anteriores.

Por fim, todos os moradores e responsáveis pela residência, a senhora de 60 anos (proprietária e esposa), e três homens de 63,  37 e 39 anos (esposo e filhos, respectivamente) foram autuados pelo crime de maus-tratos de animais e conduzidos à delegacia. 

A prática de eventual crime de receptação também deverá ser apurada, em virtude do registro de diversos furtos de cachorros da mesma raça, conforme devidamente registrado na ocorrência.

Adolescente no local

No local reside um jovem de 13 anos, neto dos envolvidos, que se encontrava em situação de vulnerabilidade e insalubridade, pois o local destinado à sua guarda estava todo sujo, mofado, era pequeno e ele não apresentava boa saúde física e mental, conforme análise dos conselheiros tutelares que estiveram no local.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -