- Publicidade -
- Publicidade -
27.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Carnaval de Balneário Camboriú agradou, mas Turismo quer planejar o próximo com mais tempo e novas atrações

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Thiago Velasques disse que o desfile de blocos nas três noites de Carnaval foi positivo, bem elogiado pelo público e dentro das expectativas, apesar do tempo, porém anunciou que o próximo será planejado com mais antecedência e com possíveis novas atrações, como por exemplo, trios elétricos e shows.

“Será preciso estruturar certos pontos de um modo geral. Por exemplo, o Carnaval Infantil foi muito procurado pelas famílias. Não esperávamos uma adesão tão grande, e já estamos pensando em melhorar a estrutura, incluindo ele como parte da programação, com mais atrações. Também tivemos a visita de empresas que veem Balneário como um novo destino de Carnaval e querem nos apresentar projetos com trios-elétricos grandes, como os que são utilizados em SP, RJ e Salvador”, disse.

O secretário diz que não descartam fazer shows, mas que para isso acontecer precisam ter a devida segurança e logística, assim como a decoração da avenida, que não teve esse ano e foi percebido pelos foliões. 

- Publicidade -

“Vimos que Balneário foi um destino procurado no Carnaval e a nossa função agora é preparar o Carnaval com uma antecedência maior, divulgando-o durante o ano. Queremos ter um Carnaval ainda melhor em 2024, analisando se faremos programação na Tamandaré, iluminação com led, estrutura… tivemos muita gente na rua, famílias assistindo e participando dos blocos. Estamos muito contentes, pois Balneário está se tornando um destino de Carnaval e que ainda conta com praias, gastronomia e atrativos turísticos. A família vem, curte o Carnaval e tudo o mais que a nossa cidade oferece”, completa.

(Anderson Kuehne/Beatriz Nunes)

Expectativas confirmadas

Sobre o Carnaval de Blocos deste ano, Velasques, opina que foi ‘um sucesso’, mesmo com a previsão de chuva, que ‘assombrou’ as três noites. 

“Vejo que o nosso é um Carnaval diferente dos grandes centros, mais ‘aconchegante’, e conseguimos ter um público fiel e a cidade esteve lotada, superou expectativas”, diz.

“Vale citar que quase nove mil pessoas entraram na cidade via ônibus. Cerca de 150 ônibus entraram em Balneário durante o feriado de Carnaval”, afirmou. Ele acredita que 10 mil foliões desfilaram em blocos, confirmando a expectativa dos organizadores e em torno de 40 mil acompanharam os desfiles na beira mar.

Hotelaria teve ocupação de 95% 

A presidente do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau e hoteleira, Andrezza Negrini, analisa que a hotelaria foi ‘bem assertiva’ com a previsão de ocupação para o Carnaval, que sugeria 95% (conforme noticiado pelo Página 3 aqui: https://pagina3.com.br/turismo/carnaval-em-balneario-camboriu-deve-ter-quase-100-de-ocupacao-na-hotelaria/). 

“Foi a média que atingimos, 95%. Acredito que o Carnaval deste ano marcou, mesmo vindo com chuva. Foi um Carnaval muito animado, que renovou Balneário Camboriú com os blocos, e imagino que até o final do mês deste mês e de março tenhamos boa procura, mas a grande verdade é que as aulas já começaram. Mesmo assim, temos demanda do Mercosul e de cidades e estados vizinhos que continuam vindo nesse período e o clima interfere diretamente nisso, no hóspede de último momento que vem para Balneário se o clima estiver bom para o fim de semana ou próximos dias, mas acreditamos que teremos uma ocupação boa até fim de março, com o verão prolongando-se”, informa, citando que ‘chuta’ que a ocupação hoteleira para março pode variar entre 75% e 80%.

A vice-presidente de Captação de Eventos do BC Convention e também hoteleira, Margot Rosenbrock Libório, concorda com Andrezza e diz que a previsão de ocupação de fato se confirmou, com 95% nos quatro dias de Carnaval. 

- Publicidade -

Margot opina que o Carnaval de Rua de Balneário foi ‘incrível’ e que os bloquinhos se consolidaram, graças ao apoio também dos moradores da cidade. 

“Esse envolvimento aconteceu e espero que só cresça. Espero que seja cada vez melhor, com mais estrutura, até mesmo na questão do som, para que reverbere para uma parte mais ampla da avenida, talvez até aumentando um pouco o trecho, indo até a Avenida Alvin Bauer. São pequenas sugestões que podem agregar valor ao evento, que foi lindo”, comenta.

A hoteleira aproveita para citar ainda que o clima, se chover, pode prejudicar as reservas futuras. 

“Mas se o clima firmar, a previsão de ocupação segue sendo muito positiva. A questão é que as reservas de última hora, de pessoas que são de lugares próximos, são muito importantes para o mercado; deve seguir também o fluxo do Mercosul e de turistas de outros lugares do Brasil, mas precisamos de boa condição climática, de clima de verão, para termos esse incremento. 

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Artigo anterior
Próximo artigo
- Publicidade -