- Publicidade -
- Publicidade -
24.4 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

“Colorindo o Céu de BC” marca o retorno do voo livre ao Morro do Careca em Balneário Camboriú

Começará nesta sexta-feira e deverá se estender durante dois meses, o evento “Colorindo o Céu de BC”, que marca o retorno das atividades de voo livre ao Morro do Careca, após um ano de interrupção.

O Morro do Careca foi licitado pela prefeitura de Balneário Camboriú pelo prazo de 20 anos, e a vencedora, a Volare Empreendimentos Turísticos Ltda., firmou parceria com a Associação Voa BC para organizar as atividades esportivas no local.

“O nosso foco é a segurança, com regulamentação e controle em favor do desenvolvimento do esporte e do turismo da cidade”, resumiu Jadson Schutz, presidente da Voa BC, entidade que reúne 23 praticantes da região, dentre eles diversos instrutores que voam com pessoas que desejam aprender.

- Publicidade -

Para divulgar o prazer e a segurança de voar, os organizadores do “Colorindo o Céu de BC” sortearam voos para duas jornalistas da região, que desfrutarão da experiência nos próximos dias. 

Uma delas é a produtora de conteúdos Maria do Carmo Bauer, que foi a primeira jornalista a voar a trabalho no Morro do Careca, em 1994.

A outra, é a jornalista Morgana Fernandes, da NSC TV, familiarizada com a cobertura do cotidiano regional.  

Saiba mais sobre voo livre no Morro do Careca

  • Quanto custa um voo com instrutor?
    • Um voo com instrutor custa em média R$ 450,00.
  • Quantos voos são necessários para se tornar um praticante habilitado?
    • Não existe uma quantidade de voos definida, são ministradas aulas teóricas e práticas e isso leva em média quatro meses.
  • Quanto custa o curso completo?
    • Cerca de R$ 7.500,00
  • Quanto custa o equipamento para atender as normas e voar com segurança?
    • Existem várias marcas no mercado, as mais caras e melhores são as velas “gringas”, estrangeiras. Um equipamento completo, novo, pode variar de R$ 20 mil a R$ 35 mil.
  • Um turista que tenha formação e equipamento pode usar a rampa?
    • Sim, se estiver com equipamento adequado e tiver qualificação. Basta pagar uma taxa estipulada pela Associação.

O Complexo Turístico Morro do Careca

Em breve serão iniciadas as obras que transformarão o Morro do Careca num complexo turístico adequado à importância de Balneário Camboriú e centro de referência para voo livre na América do Sul.

O projeto prevê uma passarela de vidro avançando em direção ao mar (semelhante à Skyglass de Canela, que pertence aos mesmos investidores); uma nova rampa para voo livre; museu do voo livre; arquibancadas para observação; um brinquedo suspenso na encosta da montanha denominado Giro Loco; cafeteria; sanitários; espaço para eventos e outras instalações.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -