- Publicidade -
19.5 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Prefeitura de Balneário Camboriú entrará com ação contra empresa que não entregou a decoração natalina

A decoração do Natal de Brincadeiras BC deveria ser retirada nesta quinta-feira (6), quando a programação encerraria oficialmente. Porém, a empresa que venceu a licitação por R$ 1,4 milhão, a BRE Decorações [Adalberto Ramos da Rosa Neto Eireli], de São José dos Pinhais/PR, não entregou praticamente nada do previsto no edital. 

A prefeitura de Balneário está entrando com uma ação contra os responsáveis.

O secretário de Turismo de Balneário Camboriú, Geninho Góes, disse que a decoração foi retirada e que os molhes foram utilizados no Réveillon, para queima de fogos. 

“A empresa responderá conforme previsto em contrato, é um processo administrativo. Não cumpre [o contrato], se responsabiliza, simples assim”, disse.

Este ano, segundo Geninho, o Natal deverá ser lançado antes do dia 30 de outubro. 

Relembre

A ideia inicial da Secretaria de Turismo era que a decoração de Natal de Balneário Camboriú fosse lançada em 30 de outubro, mas a empresa responsável adiou para 12 de novembro, 20 de novembro e não entregou praticamente nada do acordado. 

Dos 14 pontos que deveriam ter sido decorados em Balneário, apenas três foram ‘100% entregues’ – o molhe do Pontal Norte, uma rótula na Rua 3.300 com a Terceira Avenida e a prefeitura. 

- Publicidade -

Segundo a Comunicação da prefeitura, a empresa não recebeu nada.

Situação como a vivenciada por Balneário se repetiu em cidades como Navegantes, Ituporanga, Balneário Piçarras e Ponta Grossa/PR.

A praça Higino Pio foi decorada pela empresa O Boticário, em licitação separada, e entregue no prazo estipulado.

Na Higino Pio, deu tudo certo, prazo foi cumprido (Divulgação/PMBC)
- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -