- Publicidade -
- Publicidade -
18.9 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Voos internacionais devem auxiliar no movimento do verão em Balneário Camboriú

Ainda não há números, mas expectativa é que eles sejam o início de novas opções e mais rotas para o litoral

Nesta semana iniciaram duas linhas aéreas internacionais na região – o voo que liga Navegantes a Buenos Aires e também a rota inédita entre Florianópolis e Lima, no Peru.

A expectativa é de que esses voos potencializem o turismo do litoral catarinense, considerando que, segundo dados dos próprios aeroportos de Navegantes e Florianópolis, a maioria dos visitantes que chegam têm como destino Balneário Camboriú.

A hoteleira e vice-presidente do Balneário Camboriú Convention & Visitors Bureau, Margot Rosenbrock Libório, disse que ainda está iniciando o verão e que os voos começaram agora, mas que a expectativa é de que eles causem um impacto positivo no movimento da temporada.

- Publicidade -

“Ainda não há um grande impacto geral nos números. O importante, no caso de Navegantes, é que esses voos cheguem com alta ocupação, para no futuro justificar que tenhamos mais voos. No momento não dá para medir ainda se houve aumento de turistas estrangeiros do último verão para este exatamente porque o verão está muito no início, mas existirem mais opções de rotas para o turista chegar aqui é um importante facilitador”, diz.

No caso do voo Buenos Aires x Navegantes, são 176 lugares, com cinco voos semanais. Se vierem lotados, são aproximadamente 900 turistas a mais que chegam na região a cada semana.

“É interessante ter essa opção, mas vai ser melhor ainda quando tiver mais voos, porque aí realmente vai impactar mais”, avalia.

Peru, Chile e Uruguai também

Em Florianópolis, nesta semana chegou o primeiro voo do Peru com conexão em Montevideo.

“Isso é importantíssimo, principalmente para o futuro. Provavelmente teremos turistas vindo do Peru, que antes era muito mais difícil para eles chegarem na nossa região, mas é algo que está começando agora, não dá para medir números ainda, porque é muito recente. Há possibilidade de também percebermos aumento nos turistas chilenos, porque tem bastante conexão com o Chile, via Floripa, além do Uruguai, com esse voo que vem do Peru e faz escala em Montevidéu”, acrescenta.

Margot aponta também que com os voos a tendência é de que venham turistas de um melhor poder aquisitivo.

“O simples fato de termos os voos realmente é muito interessante. Acredito que a gente vai poder perceber o impacto disso daqui algum tempo”, completa.


Para receber notícias do Página 3 por whatsapp, acesse este link, clique aqui




- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -