- Publicidade -
- Publicidade -
25 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Acampamento Farroupilha de Balneário Camboriú tem festival de música, dança e concurso de declamação

São novas atrações que acontecem neste sábado e domingo

No último final de semana do 10° Acampamento Farroupilha de Balneário Camboriú, o público terá oportunidade de acompanhar duas novidades desta edição: o Balne’Art: 1º Festival de Danças Tradicionalistas e Concurso de Declamações e o 1º Terral da Canção Gaúcha de Balneário Camboriú.

Os dois eventos são organizados pela Associação Gaúcha de Entidades Tradicionalistas de Santa Catarina (AGETSC) em parceria com a Fundação Cultural e acontecem neste sábado (24) e domingo (25), quando encerra o acampamento.

O Balne Art ainda está recebendo inscrições, que podem ser feitas até sexta-feira (23), com Fabia Abreu, através do telefone: (47) 9 9985-8637.

Balne Art tem declamação e dança

Rosana e Juan, na organização (Divulgação/AGETSC)

Rosana Guedes, coordenadora da Fundação Cultural e diretora artística da Agetsc, explicou que o primeiro concurso de declamação do Acampamento Farroupilha, começa sábado, às 9h, em frente a entrada principal do Acampamento.

“Até o momento o concurso tem 25 inscritos de diversos locais da região, mas quem tiver interesse em participar do concurso a inscrições poderão ser feitas até sexta-feira (23). O concurso terá certificado de participação e premiação em dinheiro para o primeiro, segundo e terceiro lugar”, informou.

No domingo, a partir das 13h, acontece o primeiro Festival de Dança de Salão, com categoria única, com troféu e premiação em dinheiro para o primeiro, segundo e terceiro lugar.

“As inscrições seguem abertas até sexta-feira (23) pelo e-mail: [email protected] ou com Rosana Guedes, através do telefone (47) 9 9265-4228.

- Publicidade -

Terral da Canção Gaúcha

O presidente da Agetsc e do Terral é o poeta e escritor Juan Daniel Isernhagen, um entusiasta de festivais.

“O Festival da música nativista é um sonho bastante antigo dos músicos e organizadores do Acampamento Farroupilha. Então criamos com o apoio da Prefeitura e Fundação Cultural o Terral da Canção Gaúcha”, contou Daniel.

Ele disse que este é o primeiro e vem com o propósito de se tornar um grande festival na região.

“Nos moldes dos maiores, como Coxilha Nativista de Cruz Alta/RS, A Sapecada de Lages e também a Califórnia da Canção de Uruguaiana, o berço dos festivais no início dos anos 70, terra também do vereador Omar Tomalih, que foi um dos que abraçou nossa causa”, detalhou Daniel.

Grande procura

Segundo Daniel, a procura e a repercussão do primeiro Terral foram maiores que a expectativa dos organizadores.

“Com permissão de apenas duas inscrições por autor, recebemos mais de 400 composições inscritas, com os maiores nomes da música nativista. Para uma maior integração, o regulamento classificou 16 músicas, sendo 10 gerais, quatro de Santa Catarina e duas da região”, acrescentou.

Com a experiência que tem, porque já participou de dezenas de festivais, Daniel não mediu esforços para organizar o festival que já nasce muito grande.

“Contamos com uma comissão experiente, que já realiza um festival poético de criação em nossa região, o Campo e Mar e agora está à frente deste novo grande projeto que já está sendo muito bem comentado pelo meio artístico e público em geral”, enfatizou o criador do Terral.

O festival terá transmissão ao vivo pela TV BC e por várias plataformas digitais.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -