- Publicidade -
- Publicidade -
29 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Casa de shows Music Park celebra 10 anos em Balneário Camboriú

O Music Park BC, casa de shows localizada no Bairro Nova Esperança, às margens da BR-101, está completando 10 anos. O MP foi responsável por trazer grandes nomes da música nacional para Balneário Camboriú – como Lulu Santos (que fez o show de inauguração do empreendimento, e retorna ao MP no próximo dia 12/01), Roberto Carlos, Chitãozinho & Xororó, Anitta, Ivete Sangalo, NX Zero, Luísa Sonza, e até internacionais, a exemplo do DJ Deadmau5, que se apresentou na casa no fim de 2014 e até Julio Iglesias.

(Divulgação)

De 10 anos para hoje, muita coisa mudou, mas o Music Park continua investindo na cena do entretenimento em Balneário Camboriú, inclusive com uma agenda repleta de atrações para este verão. O sócio proprietário do Music Park BC, Doreni Caramori, diretor do Grupo All, conversou com o jornal, analisou a trajetória e antecipou o que vem por aí. Acompanhe abaixo.

Diferença de perfil e desafios

Doreni explica que o Music Park amadureceu muito nesses 10 anos, especialmente no conhecimento do público de Balneário Camboriú, considerando que o complexo nasceu em Florianópolis, que é uma outra cidade importante de Santa Catarina, mas que ‘guarda suas particularidades’, com relação ao perfil do consumidor, relação ao perfil da realização dos eventos.

- Publicidade -
(Divulgação)

“Esse conhecimento naturalmente veio com a experiência. Chegando em Balneário Camboriú, nos adaptamos, nos ajustamos às demandas da praça e, sem dúvida, hoje é um empreendimento muito mais adaptado à característica do entretenimento da região de Balneário Camboriú. Essa cidade é especial, nos recebeu de braços abertos e a gente, sem dúvida, é muito feliz por ter o Music Park em Balneário Camboriú. Contudo, os desafios existem sempre em todos os setores econômicos, também existem no entretenimento. Especificamente, no caso de Balneário Camboriú, nós temos um grande desafio, que é a sazonalidade. A cidade tem uma quantidade muito grande de pessoas em um determinado período do ano e reduz bastante no restante do ano, e essa sazonalidade é um desafio na gestão de uma casa de espetáculos”, diz, pontuando que em 10 anos já possuem conhecimento e conseguiram adaptar-se à realidade de Balneário – mas que isso segue sendo um desafio.

Agenda circula entre eventos corporativos, feiras e shows

Sobre a agenda do Music Park, o empresário explica que acaba surgindo dificuldade por vezes de trazer mais shows, pois atendem muitos eventos corporativos. Doreni salienta que a agenda é dinâmica e que respeita a demanda de cada uma das cinco operações que possuem no complexo.

(Divulgação)

“Naturalmente, em função dessa demanda, da variação da demanda e do aquecimento da demanda de uma unidade de negócio, você tem a redução da disponibilidade de oferta para outras. Mas a agenda é sempre uma agenda muito dinâmica. Como eu disse, adaptada ao que o cliente quer naquele momento específico, se vê muito hoje o cliente querendo cada vez mais eventos segmentados para o seu público, para sua tribo e aí naturalmente aumenta e aquece a demanda desse perfil de eventos, dificultando eventualmente a gente construir uma agenda diferente, mas essa é a realidade do entretenimento, a gente se adaptar muito à expectativa e à perspectiva do nosso público-alvo”, analisa.

Foco em continuar sendo ‘a casa dos grandes eventos’ de Balneário

O Music Park segue com força total, isso é o que diz Doreni, que aponta que segue sendo uma das premissas do empreendimento – continuar sendo a grande casa de shows e a grande casa das novidades para o mercado de Balneário Camboriú e toda a região do Vale do Itajaí.

(Divulgação)

“O posicionamento da casa é ser a casa dos grandes eventos. Então, tudo o que está acontecendo no mercado de eventos nacionalmente, a gente vai trabalhar para que aconteça também no Music Park Balneário Camboriú. Seja a escolha de atrações, seja formatos de eventos. Sendo tendência nacional, nós vamos trabalhar para que o Music Park de Balneário Camboriú tenha e conecte essas tendências nacionais”, acrescenta, citando que a característica da diversidade é um diferencial do MP, que busca trazer shows e eventos para todos os públicos.

2024: atualização do MP e agenda cheia

Já de olho em 2024, Doreni antecipou ao Página 3 que seguem no processo de atualização da casa, com a modernização de diversos espaços. Ele diz que estão muito animados com o crescimento da área de eventos corporativos e que por isso tendem a ter um volume cada vez maior de eventos com essas características.

“Algumas parcerias têm dado muito resultado, especialmente no segmento universitário, no segmento LGBTQIA+ e, sem dúvida, continuará sendo a grande casa de shows da região. Naturalmente a gente fará e trará os principais artistas, como trouxemos Julio Iglesias, Roberto Carlos, Jorge & Mateus, Ivete Sangalo e muitos outros artistas nacionais. A tendência é continuar tendo os artistas da moda, como L7 e Luísa Sonza, que são os artistas mais hypados do Brasil no momento”, completa.

- Publicidade -

Confira a programação do verão no Music Park BC

Dezembro:

  • 28/12 – L7NNON, Ferrugem e Veigh

Janeiro:

  • 12/01 – Lulu Santos
  • 20/01 – Raça Negra 
  • 26/01 – Luísa Sonza

Fevereiro:

  • 02/02 – Nando Reis e Nenhum de Nós.
Para garantir seu ingresso para os eventos basta acessar o site www.blueticket.com.br, ou se dirigir à bilheteria do Music Park BC na Rua José Francisco Correia, 908 - Nova Esperança, Balneário Camboriú.
- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -