- Publicidade -
- Publicidade -
28 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Comércio de Balneário Camboriú espera bom movimento de ‘última hora’

Presentes preferidos são roupas, brinquedos e eletrônicos

Mesmo com a chuvarada dos últimos dias, o comércio de Balneário Camboriú segue com boas expectativas para as vendas de Natal, já que é tradicional do brasileiro deixar para fazer compras nas ‘vésperas’ da data, que é a mais rentável para os lojistas. 

Os comércios da cidade seguem atendendo com horário especial, bem como os shoppings, que já reabriram (o Balneário foi bastante afetado pelas chuvas, principalmente em seu estacionamento, mas reabriu ainda na quarta, 21, às 14h).

Chuva afetou, mas expectativas seguem positivas

Segundo o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Balneário Camboriú, Vilton João dos Santos, a chuvarada dos últimos dias pode ter afetado as compras de Natal, mas ainda é impossível determinar o quanto afetará. “Quem foi atingido, terá que mudar a compra, deve optar por comprar móveis, eletrodomésticos… então talvez tenha uma migração de presentes. O valor do presente de Natal, que o ticket médio estava em R$ 170,00, talvez mude por conta disso tudo que aconteceu, mas acredito que há chances do faturamento total do comércio ser até superior, já que quem perdeu móveis não pode ficar sem, e precise comprar”, explica.

- Publicidade -

Vilton salienta que o que houve [as chuvas] foi ‘muito sério’, com grandes problemas como imóveis e veículos danificados e também a família que perdeu as duas jovens, Ketelhem Arno Ribeiro, 16 anos, e Elaine Soares Marques, de 17, que foram vítimas de um deslizamento em Camboriú. 

“Vejo que foi traumático isso ter acontecido às vésperas do Natal, complica a situação, mas poderia ser até pior – se fosse na semana que vem, com a cidade superlotada, seria ainda mais caótico. Mas vejo que nenhuma cidade no mundo teria um quadro diferente – estima-se que chove 160mm/mês em Balneário, e choveu 261mm em 24h, então não tem como ter estrutura para escoar toda essa água sem causar danos”, analisa.

Pesquisa estima que 58% dos clientes deixam para comprar na última hora

Vilton apresentou ao Página 3 uma pesquisa da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas de Santa Catarina (FCDL/SC), que apresenta um ‘prisma de positividade’, segundo ele, já que há também a expectativa de Balneário Camboriú receber ‘uma das melhores temporadas de verão dos últimos anos’, considerando a demanda reprimida desde 2022 por conta da pandemia de Covid-19. 

(Foto Rosemari Tomazoni/Sindilojas)

“O perfil do brasileiro é deixar as compras de Natal para última hora. Na pesquisa da FCDL, realizada em 20 cidades de SC, incluindo Balneário, mostra que o comércio está esperando isso – 58,6% dos clientes devem deixar para última hora, é um hábito, faz parte da cultura, sendo que 71,1% dos comerciantes optam por vender de forma física e 25,7% em ambas formas (online e física). Acredito que as pessoas vão dar um ‘jeitinho brasileiro’ e ninguém vai deixar de comprar o presentinho para os filhos, para a mãe, esposo ou esposa, mas talvez com ticket médio menor”, diz.

Segundo Vilton, os produtos mais procurados, extinguindo os casos de pessoas afetadas pela chuva que devem procurar móveis e/ou eletrodomésticos, serão roupas e calçados (32,6%), brinquedos (17%) e eletroeletrônicos (13,9%). 

“Sobre dados de pagamento, 70% das pessoas optam por crédito ou débito, 18,4% por crediário e 17,8% por PIX, mas eu acredito que deve haver uma diminuição cada vez menor na venda por crediário, isso é uma tendência, e o aumento do PIX, que já é o preferido de muitos clientes, vejo isso pela minha loja e de amigos da CDL”, comenta.

Natal é esperança: “Isso que queremos transmitir”

O presidente da CDL-BC destacou que o Natal remete momento de fé, esperança e união e afirma que, em sua visão, é nisso que as pessoas precisam se apegar. 

- Publicidade -

“Para seguir adiante acima de tudo, usando de sabedoria, pois o vitimismo não leva a nada. Nos solidarizamos, mas temos que entender que vão-se os anéis e ficam os dedos. Iremos recuperar os bens materiais perdidos. Já passamos por tantas perdas, 2022 foi um ano desafiador e a gente superou. Temos esse poder, essa força… é isso que queremos transmitir. Aproveito para desejar um Feliz Natal e pedir que as pessoas continuem acreditando muito em nossa cidade, que é hoje a mais desejada de todo o país”, pontua, lembrando que Balneário derrotou os municípios de Caldas Novas e Rio de Janeiro e será a sede da 57ª Convenção Nacional do Comércio Lojista, em 2024. 

“As pessoas têm curiosidade de vir para Balneário, seja pelos prédios mais altos, a praia alargada, o metro quadrado mais valorizado… mas também temos a transformação, com um novo tipo de turista, o de eventos, que gasta de três a quatro vezes mais, mas que também é mais exigente e precisamos nos aperfeiçoar. Por conta disso, iremos ter novidades nesse sentido a partir de abril, através do Selo de Qualidade no Atendimento, em parceria da CDL com a Secretaria de Turismo. Balneário vive o seu momento mais incrível, de transformação, com as melhores expectativas possíveis, de evolução…”, completa.

Comércio com horário estendido: dia 25/12 lojas fecham

(Foto Rosemari Tomazoni/Sindilojas)

A presidente do Sindicato do Comércio Varejista e Atacadista (Sindilojas) de Balneário Camboriú, Rosemari Tomazoni, salienta que o comércio está com horário estendido nesses dias, mas que no sábado (24) segue somente até às 19h, no domingo de Natal (25) não abre e no dia 31/12 também até às 19h e no dia 1º de janeiro as lojas só podem abrir a partir das 15h. 

“Acreditamos que esse horário diferenciado de nosso comércio é um benefício para a população, já que as pessoas realmente deixam para fazer suas compras de Natal em cima da hora. Pelo movimento que vimos na quarta (21) e até mesmo na terça (20) à tarde, percebo que o pessoal está na rua, que querem presentear, mas a chuva foi um fato inesperado, ainda mais na semana que antecede o Natal. Mesmo assim, temos otimismo que o tempo melhore, vemos que as pessoas querem vir para Balneário e o nosso comércio está super aquecido. Estamos confiantes”, afirma, lembrando que no Natal é tradição presentear, e por isso seguem otimistas de um bom resultado nas vendas. 

“Já pensando que após o Natal todos os turistas chegam em Balneário, o que também movimenta o nosso comércio”, finaliza.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -