- Publicidade -
- Publicidade -
20.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Conservatório de Música de Itajaí oferece oficina gratuita com o compositor Pedro Amorim 

O músico, bandolinista e compositor Pedro Amorim, do Rio de Janeiro, ministrará a oficina “Conversa sobre Interpretação Musical”, neste sábado (17), às 14h, no Museu Histórico de Itajaí, no Palácio Marcos Konder. 

A oficina é uma realização do Programa de formação complementar do Conservatório de Música de Itajaí Carlinhos Nieheus e é aberta para cantores, instrumentistas e curiosos. 

O artista abordará temas sobre interpretação musical com a intenção de conhecer, desenvolver e praticar os recursos de interpretação, que podem ser usados em qualquer instrumento musical, inclusive a voz. Também serão contemplados assuntos como a conscientização das capacidades e recursos individuais, além de propor reflexões sobre o desenvolvimento da personalidade artística e do trabalho musical em grupo.

- Publicidade -

Pedro Amorim tem no bandolim seu instrumento principal, mas ele também toca cavaquinho, banjo, violão e violão tenor, está presente na história da música brasileira como instrumentista e compositor em discos e shows de muitos dos mais significativos artistas. 

Várias vezes premiada, sua discografia contempla a obra de compositores como Ernesto Nazareth, João Pernambuco, Luperce Miranda, Canhoto da Paraíba e Mauro Duarte, além das músicas de sua própria autoria com Paulo César Pinheiro – seu parceiro mais constante.

Durante sua carreira, Amorim fez trabalhos de pesquisa sobre a música brasileira com especialidade na linguagem do choro e samba, e toca ao lado de grandes músicos e intérpretes do Brasil e de outros países. 

Participou de shows e gravações com Elizeth Cardoso, Chico Buarque, Caetano Veloso, Nana Caymmi, Moacyr Luz, Francis Hime, Paulo César Pinheiro, Hermínio Bello de Carvalho, Dona Ivone Lara, Mônica Salmaso, Altamiro Carrilho, Joel Nascimento, Turíbio Santos, Paulo Moura, Moacyr Luz, Mestre Marçal, Moreira da Silva, Jamelão, entre tantos outros. É um dos professores fundadores da Escola Portátil de Música, que atende mais de mil alunos no Rio de Janeiro.

Não é necessário fazer inscrição prévia.

fonte: Assessoria Comunicação/PMI

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -