- Publicidade -
- Publicidade -
27.8 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Livro que trata do cuidado com o oceano foi tema em escola infantil de Balneário Camboriú

As autoras do livro participaram e os alunos viraram protagonistas da história 

As autoras do livro ‘Marvin, o amigo do oceano’, Juliana Bertolazi Simon e Vanessa Lima Bertolazi Simon, participaram de uma experiência diferente esta semana, no jardim I do Núcleo Infantil Nova Geração da professora Josiane Teodoro da Silva Gomes, no Bairro dos Municípios. 

“A professora fez uso do livro para tratar do cuidado que devemos ter com o oceano, colocando as crianças como protagonistas deste processo. As crianças, trajando óculos de mergulho, utilizaram o próprio título do livro e seus respectivos nomes para auto intitularem-se amigas e amigos do oceano, assim como o personagem principal do livro”, contou Vanessa. 

As crianças amigas do oceano (Alexandre Simon)

A autora Juliana contou uma das histórias, a da baleia Blue e posteriormente fizeram a baleia Blue em origami que consta no livro.

- Publicidade -
(Alexandre Simon)

O livro conta a história do Marvin que é um mergulhador e seu amigo Khai que é um barquinho, juntos navegam pelo oceano buscando ajudar os habitantes do oceano em diferentes situações. 

Vanessa explicou que o livro utiliza a temática da Cultura Oceânica que tem como essência a nossa influência sobre o oceano e como o oceano também nos influencia. 

“Juntamente a esta temática, o livro aborda o Pensamento Computacional (PC), que é a resolução de problemas por meio de quatro pilares: abstração, decomposição, reconhecimento de padrão e algoritmo”, segue Vanessa.

Além disso, são abordados os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável 4 (Educação de Qualidade) e 14 (Vida na Água). Deste modo, Marvin e seu amigo Khai resolvem os problemas encontrados pelos habitantes do oceano, utilizando o raciocínio lógico e os pilares de PC. 

(Divulgação)

O livro é endossado pela Década da Ciência Oceânica para o Desenvolvimento Sustentável da Comissão Oceanográfica Intergovernamental – IOC UNESCO. 

Vanessa lembra que estamos na Década das Ciências Oceânicas para o Desenvolvimento Sustentável (2021-2030), e cabe a cada um de nós, desde a mais tenra idade, auxiliar no cuidado do ecossistema marinho. 

“A criança é um agente de transformação, capaz de realizar mudanças significativas no presente e no futuro, desenvolver a sensibilização dos pequenos acerca destes cuidados, compete a nós, os adultos. Neste sentido, é de suma importância trazer iniciativas que as envolvam neste processo de promoção e cuidado da natureza, tornando-as pertencentes ao meio em que vivem e que possam valorizar a importância do ambiente marinho”, afirmou a autora. 

- Publicidade -

A obra pode ser acessada gratuitamente em português e inglês, em duas plataformas, ambas da Unesco. 

https://aquadocs.org/handle/1834/42771

https://oceandecade.org/?s=marvin

Juliana, uma das autoras e a diagramadora da história, define a experiência como emocionante, visto a importância da abordagem deste assunto para as crianças e a maneira com a qual foi conduzida a atividade pela professora Josiane. 

(Foto Alexandre Simon)

“Foi possível identificar por meio dos relatos dos pequenos o que eles aprenderam com o livro e como as histórias os cativaram, influenciando de maneira positiva suas futuras ações”, colocou. Experiências como esta motivam ainda mais a seguir com a sequência de livros infantis, buscando temáticas relevantes e atuais para serem abordadas de forma lúdica para o público da educação infantil.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -