- Publicidade -
- Publicidade -
16.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Mãe e filha publicam livro infanto-juvenil com tema voltado ao oceano

Obra está disponível em duas plataformas da Unesco

A proposta de livro das estudantes da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), Juliana Simon e Vanessa Simon, acaba de ser publicada em duas plataformas vinculadas à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A obra Marvin, o Amigo do Oceano” foi uma das vencedoras da 5ª edição do Prêmio Univali de Inovação, realizado em 2022.

Após obter a primeira colocação na categoria Colégio de Aplicação Univali (CAU) e conquistar também o Destaque em Inovação na Educação, no Prêmio oferecido pela Universidade, as autoras decidiram seguir com a publicação do livro. 

Neste mês, o projeto que também ganhou uma versão em inglês, foi disponibilizado para download gratuito no repósitório AquaDocs e no portal Década do Oceano, mantidos pela Unesco.

- Publicidade -

Vanessa avalia a participação no concurso, promovido pelo Uniinova – o Hub de Inovação da Univali, como uma experiência enriquecedora. 

A autora destaca a troca de ideias e o aprendizado conquistado durante e após o Prêmio. 

“Hoje temos uma clara noção do que é ser uma startup e como uma ideia de negócio pode realmente sair do papel e ganhar visibilidade”, disse Vanessa.

Juliana complementa que “por meio das mentorias oferecidas pelo Prêmio de Inovação, bem como pelo apoio e as ideias posteriores dos avaliadores, o Uniinova contribuiu positivamente para que o livro ganhasse vida, tornando possível a ideia inovadora”.

As autoras, que são mãe e filha, agora planejam lançar uma série de livros sobre a cultura oceânica e visam ampliar para mais áreas do conhecimento. 

“O próximo passo será colocar em prática novo livro e buscar empresas e instituições que tenham interesse em contribuir para a saúde oceânica e fornecer material diferenciado para crianças e adolescentes, com temas instigantes e histórias atuais”, adianta Vanessa.

Quando o projeto foi desenvolvido, Juliana cursava o 2º ano do Ensino Médio, no CAU Tijucas, e Vanessa já cursava o primeiro ano do Doutorado em Educação na Univali.

- Publicidade -

Sobre a obra

(Assessoria Comunicação Univali)

Direcionado ao público infanto-juvenil, o livro utiliza as habilidades do pensamento computacional para a resolução das problemáticas que assolam o oceano. Na trama, os personagens Marvin e Kai atuam para ajudar o oceano e os seus habitantes a atravessar situações de perigo.

“O tema cultura oceânica partiu dos trabalhos ativos da minha mãe e das aulas e a disciplina sobre o pensamento computacional que o meu pai, Alexandre Simon, lecionava. Juntos, nós observamos que as temáticas poderiam ser associadas para a resolução dos problemas do oceano.”, relembra Juliana.

Vanessa destaca que Marvin, o Amigo do Oceano” foi pensado, inicialmente, para atender ao público infanto-juvenil, mas pode atingir outros públicos. 

“Os adolescentes, pais e professores também podem fazer uso da obra para entender o que é cultura oceânica e o pensamento computacional, temas que estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, principalmente o 4, que aborda a educação de qualidade, e o 14, que trata sobre a vida na água.”, observa.

Texto: Assessoria Comunicação Univali

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -