- Publicidade -
- Publicidade -
26.7 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Mexe-Mexe: a clássica charanga do Carnaval de Balneário Camboriú completa 33 anos

O bloco carnavalesco mais antigo de Balneário Camboriú, famoso por levar para a avenida as tradicionais marchinhas que todo mundo sabe cantar, tocadas por uma banda em uma carretinha, conhecida como charanga, está comemorando 33 anos e desfila nesta sexta (10) a partir das 21h e também no Carnaval – na sexta (17), no sábado (18) e na segunda (20). 

Divulgação

Marisa Inês Régis é vice-presidente do bloco e uma das fundadoras do Mexe-Mexe, ela lembra que o bloco faz 33 anos neste Carnaval e que os dois únicos anos que não saíram desde a fundação (em fevereiro/1990) foi em 2021 e 2022, por conta da pandemia. 

“Até então estávamos com 100% de participação nos Carnavais de Balneário, mas com a Covid não deu. Ficamos dois anos sem atividade, sem reunião até do grupo. Nós nos reunimos o ano todo, nos conhecemos bem, mas na pandemia nem isso acontecia. Sofremos bastante com a pandemia, eu tive Covid, outros do grupo também tiveram, mas graças a Deus sobrevivemos todos”, explica.

- Publicidade -

O Mexe-Mexe, assim como os demais blocos da cidade, estão retornando oficialmente neste ano. Inclusive, a charanga já saiu duas vezes – tradicionalmente nas sextas (27/01 e 03/02) e sai novamente nesta (10), fazendo o ‘trabalho’ de divulgar o Carnaval de Balneário Camboriú – que neste ano será 100% focado no Carnaval de Rua, sem shows pela cidade (mas haverá programação diversa também nas casas noturnas da cidade e região). 

O trajeto da carretinha é sempre o mesmo – saída do galpão, que fica na Rua Dom José, no Bairro Vila Real, pela Marginal, Rua 2.500, Avenida Atlântica, Alvin Bauer, retornando pela Avenida Brasil até a Rua 3.000 e pela Rua Dom José novamente. 

“Voltamos este ano e faremos seis saídas ao total. Já fizemos duas e nesta sexta será a terceira, com mais três no Carnaval – na sexta (17), sábado (18) no desfile oficial e também na segunda (20)”, acrescenta.

Segundo Marisa, o Mexe-Mexe tem hoje aproximadamente 60 integrantes, entre moradores de Balneário e pessoas de fora, mas na carreta cabem cerca de 40, porque há também os instrumentos que ocupam bastante espaço. 

“É um bloco pequeno e nunca foi a nossa intenção crescer, porque nasceu entre amigos. É uma brincadeira sadia, e é muito bom brincar o Carnaval. Este ano está sendo mais especial, já que estávamos há dois anos sem sair. É uma gratidão enorme que sentimos por termos sobrevivido ao Covid. As marchinhas continuam, seguimos na nossa tradição, e demos uma incrementada na carretinha, que está iluminada com luzes de neon e com uma placa nova”, completa.

O Mexe-Mexe está comercializando abadás para quem quiser acompanhar a carretinha nos desfiles, com open bar incluso. Mais informações podem ser conferidas com Kadu, via WhatsApp (47) 99681-6050.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -