- Publicidade -
- Publicidade -
30 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Ruas de Balneário Camboriú serão o cenário de intervenções artísticas de danças em dezembro

As performances relâmpago acontecerão em diferentes locais públicos para surpreender as pessoas

O projeto “Intersecções – Mostra de Dança Experimental em Diálogo com Paisagens Urbanas – 2ª edição” realizará durante o mês de dezembro uma série de ações voltadas à dança, tendo em sua programação intervenções urbanas, uma tarde cultural e mostra online de videodança.

Patrocinado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura (LIC 2023), o projeto é realizado pelo artista e proponente Juliano Alcântara em parceria com Fernando Dalla Nora, sendo ambos responsáveis pela direção e curadoria da proposta.

As ações presenciais irão ocorrer nas ruas de Balneário Camboriú, que se tornarão cenário para intervenções artísticas de danças urbanas e contemporâneas que buscam interferir e modificar o cotidiano urbano.

- Publicidade -

As performances irão ocorrer em diferentes locais públicos da cidade em formato “relâmpago”, atingindo e surpreendendo as pessoas que transitam pelos locais em que serão realizadas, visando também gerar material audiovisual para compor a mostra online de videodança.

A mostra poderá ser acompanhada durante o mês de dezembro na plataforma Instagram do coletivo Núcleo Corpóreo (@nucleocorporeo).

Com o propósito de evidenciar os elementos que compõem as paisagens e arquitetura da cidade, as intervenções são adaptadas aos diferentes espaços urbanos em que serão realizadas.

Participarão das ações artistas e coletivos selecionados através de chamamento online, sendo Jonas Rasche e Mateus Kleiz (Balneário Camboriú), Sarah Ferreira (Florianópolis), Pulse Coletivo (Balneário Camboriú), Núcleo Disparador (São Paulo), Casa das Feiticeiras (Florianópolis) e Yuri Lima (Florianópolis).

Também será realizada como contrapartida uma tarde cultural na Praça Bruno Nitz com apresentações coreográficas e roda de dança em parceria com o Studio de Dança Adriana Alcântara e coletivo Núcleo Corpóreo.

A roda de dança será aberta à participação do público.

Por acontecerem ao ar livre, as ações dependerão das condições climáticas. As datas e a programação gratuita serão divulgadas no Instagram do coletivo Núcleo Corpóreo.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -