- Publicidade -
- Publicidade -
19 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Samboriú de volta na avenida: escola de samba de Balneário Camboriú traz sustentabilidade no enredo

A Escola de Samba Unidos do Samboriú estará de volta ao Carnaval de Balneário Camboriú, depois de ficar sem desfilar desde 2020, o último Carnaval antes da pandemia de Covid-19.

O tema do desfile da escola será ‘Resgatando o lixo, transformando no luxo’, e será apresentado ao público na noite de sábado (10), na Avenida Atlântica da cidade.



(Divulgação)

A presidente da Unidos do Samboriú, Dona Joana Militão, uma das figuras mais conhecidas do Carnaval de Balneário (ela acumula quase 50 anos de Carnaval – está em Balneário desde 1998, saía pela escola Maravilha e depois fundou a Samboriú), salientou que é uma grande alegria voltar a desfilar.

- Publicidade -



Joana: ‘Vamos fazer bonito na avenida” (Arquivo Pessoal)

“Não vamos fazer um Carnaval tipo Rio de Janeiro ou São Paulo, será uma coisa mais simples, que cabe no bolso. Ficamos um ano sem desfilar, antes não desfilamos porque entrou pandemia e não teve desfile, aí teve em 2023, não desfilamos, mas estamos voltando porque gostamos e porque Balneário merece. É a escola de samba da cidade, estamos fazendo o impossível para levar a escola para a rua. Os moradores e turistas podem esperar um desfile bonito, alegre… vamos arrebentar Balneário, fazer bonito na avenida!”, disse.

Dona Joana também antecipou ao Página 3 o tema do desfile da Samboriú – ‘Resgatando o lixo, transformando no luxo’, escolhido para conscientizar o público sobre aproveitar materiais que muitas vezes são jogados fora. Todo o trabalho das fantasias e decorações dos carros alegóricos vem sendo feito de forma manual.

“Fazemos em casa, comprando materiais, resgatando alguns recicláveis. Estamos usando arame, garrafa pet, prato descartável… já tecidos, fitas e brilho a gente compra, o resto é material reciclável”, comentou.

Sábado tem ensaio e tem vagas ainda

(Divulgação)

O desfile da Samboriú terá a participação de dois carros alegóricos e um trio elétrico.

A expectativa é reunir 500 foliões – inclusive quem quiser participar ainda dá tempo, pois tem alas para completar.

Os interessados podem ir até a Quinta Avenida, 969, neste sábado (3), às 13h, onde haverá uma reunião – a Samboriú conta com contribuição voluntária dos participantes, já que tudo é bancado pela escola e apoiadores.

“Gostaria muito que o pessoal viesse para participar com a gente. Neste sábado é o momento para virem nos conhecer, também para quem nunca saiu na escola – que é uma família! Tem crianças, idosos… todas as idades. Também no sábado faremos o ensaio geral da bateria, para ver o samba enredo também. O intérprete vem de Porto Alegre, e chega neste sábado, mas já mandou a letra para fazermos a harmonia”, acrescentou.

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -