- Publicidade -
- Publicidade -
15.1 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Três mulheres vencem concurso para 60+ em homenagem a Balneário Camboriú

Sirly Fátima Ferreira Andrade com o poema ‘Maravilhas do Atlântico’ foi a vencedora do 1º Concurso Literário Mente Sã, organizado pela Secretaria da Pessoa Idosa que recebeu 27 inscritos. 

A segunda colocada é Maria do Carmo de Carvalho, autora da poesia ‘Para minha cidade’ e o terceiro lugar foi para Edite de Matos Barcelos, com ‘Balneário Camboriú: um lugar para ficar’. 

- Publicidade -

A premiação aconteceu na Biblioteca Municipal Machado de Assis, na presença dos participantes, autoridades e familiares. Todos inscritos receberam medalhas.

A campeã disse que essa foi a primeira poesia que escreveu e por isso sentiu-se ainda mais honrada com o resultado.

“Agradeço à prefeitura, pois sem vocês a gente não estaria aqui, vivendo essas maravilhas que a cidade oferece. Eu amo Balneário Camboriú, a cidade que escolhi para viver, que me faz sempre feliz”, disse Sirly.

Na comissão avaliadora do concurso estavam o campeão nacional de poesia e contos/crônicas, Adolino Silveira Júnior; a integrante da Academia Catarinense de Letras (ACL), Teca Mascarenhas e o representante da União Brasileira de Trovadores, Ari Santos de Campos.

- Publicidade -

A secretária da pasta, Juliethe Nitz disse que o objetivo do concurso foi o de incentivar a produção literária.

Os poemas campeões

‘Maravilhas do Atlântico’ 

(Sirly Fátima Ferreira Andrade) Divulgação/PMBC

“Balneário Camboriú, modelo em cidadania. 

- Publicidade -

Além dos pontos turísticos, tem muita gastronomia. 

O povo trabalha duro, disso eu tenho certeza. Uns à noite, outros de dia, para pôr comida na mesa.

Falamos do Cristo Luz, turismo bem natural. 

Creio que em minha vida, eu nunca vi nada igual.

Na horta medicinal, remédios te oferecem. Quando você chega lá de você eles não se esquecem. Atendem com um largo sorriso, como nosso povo merece.

Eu vou falar uma coisa, que não falei pra ninguém: eu gosto dessa cidade, mas quero ir mais além. 

Temos a Casa da Cultura, muitos lá fora não tem.

A nossa orla da praia, que maravilha! Quanta beleza! 

O povo fica na areia, apreciando a natureza. 

O mar é maravilhoso, mesmo que o sol não se abra. 

Sempre há quem navegue para ver a ilha das cabras.

Saudamos nosso prefeito, que trabalha dia-a-dia. Além de nos prestigiar com toda sua alegria. Sempre vem dar boas vindas na nossa secretaria.

Temos muitas oficinas, atividades o dia inteiro. 

Você gasta sua energia e não precisa ter dinheiro. 

Tudo isso é gratuito porque Balneário Camboriú é hospitaleiro”.


‘Para minha cidade’

Maria do Carmo de Carvalho (Divulgação/PMBC)

“Há 58 anos, nascias tímida, porém já imponente. 

Com bênçãos do céu azul batizada com as águas de um pedacinho generoso, do mais belo dos oceanos

aqui localizado. 

O Atlântico Sul, que te deu como presente uma linda faixa de areia branca, cálida suficientemente macia e quente. E, não satisfeito, te

rodeou de lindas praias agrestes.

És altiva, grandiosa, sonhando alto, tão alto, que o céu sempre foi sua inspiração. 

Levantando-se, mais e mais sem esquecer também do chão. Onde também está presente tudo que te leva pra frente, os habitantes, ou visitantes, todos que para ti doam um pouquinho de si, lutas, trabalhos sonhos para esse lindo pedaço de terra que escolheram para viver.

Revivendo seu passado, que sempre foi presente. 

Quem vive aqui há mais tempo, o Clube 33, o Baturité… Quantos romances nasceram e também quantos se foram, em suas salas, embalados por músicas de verdade?

Ainda ganhaste outra escultura, uma ilha esplêndida, para emoldurar tua orla. 

Sem adjetivos para tanta beleza, tanta majestade que diariamente, encanta, empolga, deslumbra.

Conhecida em todo mundo como maravilha do Atlântico Sul, és linda, minha cidade! 

És minha porque aqui construí minha vida, há muitos anos atrás, aqui permaneci. 

Peço a Deus que te proteja, a ti e a todos os que vivem, trabalham, os que sonham, construíram suas famílias.

O futuro te espera de braços abertos, cada vez mais linda, ensolarada, acolhedora, como mãe. 

Sempre pronta a acolher seus filhos que chegam

cheios de sonhos, com sede de vencer, de construir com teu progresso. Abraçando a todos, sejam de onde for, sejam brasileiros ou de outras terras.

Como resistir a ti? Cidade abençoada, que renasce toda manhã, como o calor do sol, e adormece cálida e tranquila. Com a luz, a proteção do criador, teu Cristo Luz.

Parabéns, Balneário Camboriú.


Balneário Camboriú: um lugar para ficar

Edite de Matos Barcelos (Divulgação/PMBC)

“Andando por essas areias lindas, brancas, descalça

Sentindo a brisa tocar, medito: este lugar é para ficar?

Olho o mar, para serra

Para esses quatro cantos a me rodear

Me perco, ao longe, até tentando adivinhar

Que nesta terra, o ser humano que aqui chegar

Surpreso, sem palavras para expressar tamanha beleza

E dessa natureza que está a nos cercar

Será difícil se afastar

E se for embora, carimbado, estampado, nutrido por estes ares

Certamente vai expressar: Balneário é sim um lugar para ficar!

Que seus guardiões estejam sempre a postos a iluminar

Esta bela cidade

Neste recanto do mar”.

- Publicidade -
spot_imgspot_img
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -