- Publicidade -
- Publicidade -
24.6 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Viveiro Mata Atlântica, um lugar especial para conhecer no parque ecológico de Balneário Camboriú

O local conta com 64 espécies e o atendimento ao público para retirar de mudas é às terças e quintas

No dia 21 de março, o Centro de Produção Florestal Viveiro Mata-Atlântica, fundado em 2003, dentro do Parque Ecológico Raimundo Malta, completará 21 anos de existência.

Ele foi criado para produzir e doar mudas de árvores nativas e frutíferas para distribuir para a população.

No ano passado, foram doadas 5,5 mil mudas, de acordo com o Departamento de Fitoterapia da Secretaria do Meio Ambiente de Balneário Camboriú. 

- Publicidade -

No início deste mês, o Viveiro voltou a atender o público duas vezes por semana, depois de passar por reforma na estrutura do telhado, ganhou pisos, janelas e portas novas. A reforma começou em outubro. 

O diretor de Fitoterapia Robson Bez explicou que além do fornecimento de mudas, a população também recebe orientações e informações sobre as plantas que leva. 

Nesta reportagem, Robson conta como funciona o Viveiro, um local agradável que vale a pena conhecer e ainda levar para  casa mudas para cultivar.

O diretor de Fitoterapia, Robson Bez (Divulgação/Semam)

JP3 – Qual a produção do Viveiro atualmente e quantas pessoas cuidam dele?

Robson – Atualmente o corpo técnico do Viveiro conta com seis pessoas. A produção anual de mudas nativas está na média de 2.000.

JP3 – Quais os tipos de mudas ali criadas? 

Robson – Mudas Nativas do bioma nativo (Floresta Ombrófila Densa)

- Publicidade -
Divulgação/PMBC

JP3 – De onde vem as mudas ou são produzidas ali mesmo?

Robson – Parte das mudas advêm de compensação ambiental feita no município e parte vem de produção própria.

JP3 – Quais são as mais procuradas pela população?

Robson – As cinco mudas mais procuradas são: Palmito Juçara (Euterpe edulis), Quaresmeira (Tibouchina granulosa), Ipê Amarelo (Handroanthus chrysotrichus), Gabiroba (Campomanesia xanthocarpa) e Ipê Rosa (Handroanthus chrysotichus).

JP3 – Entre as frutíferas?

Robson – As cinco frutíferas mais procuradas são: Gabiroba (Campomanesia xanthocarpa) com 288 unidades doadas em 2023, Araçá Vermelho (Psidium cattleianum) com 254 unidades doadas em 2023, Cortiça (Annona neoisignis) com 192 e Ingá Feijão (Inga marginata) com 111 unidades doadas em 2023 e Ingá Anão (Inga vulpina) com 94 unidades doadas em 2023. 

JP3 – Entre as nativas? 

Robson – As cinco mudas nativas não frutíferas mais doadas em 2023 foram: Quaresmeira (Tibouchina granulosa) com 347 mudas doadas em 2023, Ipê Amarelo (Handroanthus chrysotrichus) com 317 mudas doadas em 2023, Ipê Rosa (Handroanthus chrysotichus) com 267 mudas doadas em 2023, Ipê Branco (Handroanthus sp) com 234 unidades doadas em 2023 e Aroeira Vermelha (Schinus terebinthifolius) com 215 unidades doadas em 2023.

JP3 – Como é feita a distribuição?

Robson – A distribuição é feita dentro do Viveiro Mata-Atlântica todas as terças-feiras e quintas-feiras no período da tarde.

(Divulgação/SEMAM/BC)

JP3 – Além da distribuição para população, a secretaria fornece destas mudas para áreas degradadas, por exemplo, onde? 

Robson – Sim, a secretaria fornece as mudas para o plantio em áreas degradadas para ações que beneficiem a comunidade. Ações de plantio em áreas degradadas e matas ciliares já foram realizadas em parcerias com instituições como a Emasa, membros do Comitê do Rio Camboriú, ações com o grupo de escoteiros, produtores rurais locais, entre outras.

JP3 – Quais as mudas nativas que podem ser criadas em residências?

Robson – Em residências localizadas em área urbana o viveiro possui opções como o Ipê Amarelo (Handroanthus chrysotrichus), a Quaresmeira (Tibouchina granulosa) e a Pata-de-vaca (Bauhinia variegata).

JP3 – Quantas mudas cada pessoa pode levar?

Robson – Cada pessoa tem o direito de levar seis unidades de mudas. O Viveiro também disponibiliza e fornece o “Manual de Doação: Mudas Nativas” que se trata de um guia prático com informações de algumas espécies de árvores e orientações para o plantio das mudas nativas.

(Divulgação/Semam)

O Viveiro fica dentro do Parque Raimundo Malta, localizado na Alameda Delfim de Pádua Peixoto Filho, 122, Bairro dos Municípios (no final da Rua Angelina).

- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -