- Publicidade -
- Publicidade -
26 C
Balneário Camboriú
- Publicidade -

Leia também

- Publicidade -

Carnaval de Balneário Camboriú promete mais ‘espetáculo’, para contemplar também o público que assiste os desfiles

O Carnaval de Balneário Camboriú contará com três noites (sábado a segunda-feira, 10 a 12/02) de desfiles de blocos carnavalescos e da escola de samba Unidos do Samboriú, que está de volta após alguns anos sem desfilar. 

O foco dos blocos, incentivados pela Liga Carnavalesca da cidade, será levar ao público que vai até a Avenida Atlântica para assistir aos desfiles, um ‘espetáculo’, para contemplar também quem não paga por abadá para participar dos bloquinhos.

Apoio da prefeitura

Roni Augusto (presidente Liga BC) em reunião sobre o Carnaval com Guilherme Serrão (da Secretaria de Turismo) e Victor Alves (vice-presidente Liga BC) (Divulgação)

O presidente da Liga Carnavalesca de Balneário Camboriú, Roni Augusto, responsável também pelo bloco Xinellis, explica que a Liga se mantém ativa e engajada. 

- Publicidade -

Logo depois do Carnaval 2023, a Liga e a Secretaria de Turismo já começaram a alinhar o Carnaval 2024 analisando pontos negativos e positivos para fazer um evento ainda melhor  neste ano, buscando ajudar os blocos e reativando a escola de samba – o que de fato aconteceu. 

“Fizemos várias reuniões com a Sectur, que nos deu uma atenção exemplar como sempre tivemos porque o evento é da cidade, realizado pela prefeitura, a Liga cuida dos blocos e escola de samba para estar apresentando ao público um espetáculo. Chegamos ao edital que foi lançado em dezembro e foi divulgado na última semana (com investimento em mais de R$ 300 mil por parte da prefeitura em apoio aos blocos – leia aqui), porque o Carnaval também é mais cedo neste ano, no começo de fevereiro”, diz.

Foco é interagir com o público

Segundo Roni, a Liga buscou incentivar os blocos a se regularizarem e alinharem alguns pontos, como o horário que entram na Avenida Atlântica, para não haver uma distância muito grande entre um bloco e outro. 

“O foco principal é que os blocos tragam mais espetáculos. O folião está no bloco curtindo, mas queremos que quem está assistindo também se integre. A Samboriú virá no sábado (10), os blocos vão trazer desfiles temáticos também, como o bloco que eu coordeno, o Xinellis, que estará junto com o Aventura Jurássica, novo atrativo da cidade, inclusive com carros temáticos. Acredito que este Carnaval será bem maior que o do ano passado, que foi o maior até hoje”, aponta.

Corte Carnavalesca ainda indefinida

Na programação seguem blocos já conhecidos do público, como o Mexe-Mexe, que é o mais antigo, Inimigos da Segunda – o maior, além do 100 Limites, Bloco do Vila, e a já citada Samboriú (confira a programação completa no fim desta matéria). 

A carreta do DJ Folia não sairá, mas Beto Teixeira estará em alguns blocos. 

Uma incógnita ainda é sobre a Corte Carnavalesca, a realeza do Carnaval.

“Os blocos estão crescendo cada vez mais. Sobre a realeza do Carnaval, nos próximos dias vamos definir. Como teve pandemia, os blocos estavam se estruturando, optamos por manter a Corte de antes da pandemia. Ainda estamos alinhando para ver se fazemos eleição de nova corte ou então no Carnaval o foco será na Samboriú como corte, e a eleição da nova corte será no fim do Carnaval, já para 2025”, completa. 

Programação dos desfiles

  • Sábado, 10/02
    • Mexe-Mexe
    • Mas Bah
    • Xinellis
    • 100 Limites
    • Xeru di Coco
    • Samboriú
  • Domingo, 11/02
    • Carnatuga
    • Siri Sarado
    • Ilha das Cabras
    • Bloco do Zero
    • Inimigos da Segunda
  • Segunda-feira, 12/02
    • Mexe-Mexe
    • Impacto
    • Baita Chão
    • Amigos do Bar Meia 9
    • Bloco do Villa.
- Publicidade -
- publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -