- Publicidade -
22.2 C
Balneário Camboriú

Conselho de Segurança entregará ao governador Moisés, nesta sexta, pedido para reforço de PMs no verão

- publicidade -

Leia também

- Publicidade -

O presidente do CONSEG/BC (Conselho Comunitário De Segurança de Balneário Camboriú), o advogado Valdir de Andrade, pretende entregar pessoalmente, na noite desta sexta-feira (18) ao governador do Estado, Carlos Moisés, um documento pedindo pelo dobro do reforço de PMs para a Operação Veraneio em Balneário Camboriú.

A promessa inicial, feita pelo comando da PMSC junto da então governadora (e agora novamente vice) Daniela Reinehr era de que 175 PMs viriam para Balneário, mas esse número foi reduzido para 74.

Valdir lembra que o efetivo de policiais militares de Balneário é hoje o menor da história – apenas 104, e que em 2015, quando havia 166 PMs o número já era considerado baixo.

“Por isso, reivindicaremos ao governador 175 policiais militares, pois tem rumores [confirmados pelo comandante da PM de Balneário, Daniel Nunes da Silva, ao Página 3 – inclusive esses homens devem chegar na próxima quarta-feira, dia 23] que virão somente 74”, explica.

O Conseg pede também que pelo menos metade desses policiais, que são recém-formados no curso de soldados da Polícia Militar, fiquem no efetivo fixo de Balneário.

“Requeremos ainda a transformação do 12º Batalhão de Balneário em um Batalhão Turístico, que em convênio com a Secretaria de Estado do Turismo, Cultura e Esporte, para a possibilidade de alocação diárias de policiais para Operação Veraneio 2020/2021”, acrescenta.

- Publicidade -
- publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -